Alegando falta de segurança, motoboys suspendem entregas na Vila Lucinda

Na quinta-feira (05), por meio das redes sociais, motoboys da cidade de Itu postaram uma nota declarando que não irão mais promover entregas no bairro Vila Lucinda, seja de comida, bebida, remédio, água ou gás, até que a região esteja segura, solicitando providências do poder público e policial.

A ação por parte dos motoboys é em decorrência a assaltos e agressões aos profissionais nos últimos meses naquela região, de acordo com o apurado pela reportagem do Periscópio junto à classe.

A reportagem do JP esteve em contato também com a Polícia Militar, que informa trabalhar e distribuir o efetivo “de acordo com a demanda criminal. Tal divisão é realizada com base nos diversos sistemas informatizados, que nos permitem destinar os meios a locais com maior incidência de delitos”.

As autoridades acrescentam que “o patrulhamento no local é realizado diuturnamente pelos diversos programas de policiamento utilizados em Itu, como: Rádio Patrulhamento, Rádio Patrulhamento com Apoio de Motocicletas, Força Tática, Ronda Escolar.”

A Polícia Militar reforça que até o momento (ontem, dia 6, pela manhã), não havia recebido qualquer solicitação por parte de motoboys alegando falta de segurança para realizar entregas no bairro Vila Lucinda ou em qualquer outro lugar de Itu, esclarecendo que se coloca à disposição para mais esclarecimentos. 

Um comentário em “Alegando falta de segurança, motoboys suspendem entregas na Vila Lucinda

  • 08/11/2020 em 00:05
    Permalink

    E estão certos, em santo André, todos os bairros estão tomados por ladrões, só hoje onde ouvi 4 relatos de roubo, a semana inteira o pessoal está sendo roubados.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *