Analisando o momento do Ituano

A vitória do Ituano sobre o Mirassol pode ter sido o divisor de águas para o clube buscar definitivamente a classificação para a segunda fase do Paulistão, feito que não acontece desde 2014, quando o Galo Guerreiro foi campeão.

É bem verdade que na primeira metade do Paulistão o Ituano deixou de ganhar alguns pontos que poderão fazer falta. Mas agora não adianta chorar. O importante é que as vitórias sobre o Santos, São Bento e Mirassol foram importantíssimas e estão deixando o clube bem perto da sequência do campeonato.

A partir de agora, cada jogo é uma decisão e o Ituano terá uma série de jogos dificílimos. Pega fora de casa Ponte Preta, Palmeiras e Bragantino. Em casa, terá pela frente Guarani e Corinthians. Não é fácil.

É por isso que o Ituano não poderá perder de forma alguma no próximo domingo (24), diante da Ponte, no Moisés Lucarelli. Um empate até pode ser bom em termos da manutenção do clube na elite do futebol paulista. Mas se quer classificação, o Galo terá de suplantar a Macaca em Campinas.

E se isso acontecer, o time terá muito moral para encarar o Palmeiras em pleno Allianz Parque. Lá, sim, um empate seria muito bem-vindo e uma vitória, caso aconteça, seria excepcional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *