Após confessar roubo e tentar subornar PMs, homem é preso junto com advogado

Indivíduos ofereceram R$ 30 mil aos policiais na Rodovia Waldomiro Correa de Camargo / Foto – Divulgação/Polícia Militar

Na noite da última sexta-feira (03), R.H., de 33 anos, e seu advogado C.E.S.J., de 44 anos, foram presos suspeitos de corrupção ativa na altura do Km 56 da Rodovia Waldomiro Correa de Camargo (SP-79), em Itu. O primeiro ainda é suspeito de roubo.

Segundo informações registradas em boletim de ocorrência, por volta das 23h14 um policial militar que se encontrava de folga avistou um caminhão-trator conduzido por R.H., quando percebeu que o mesmo era produto de roubo ocorrido na cidade de Boituva, no dia 1º deste mês. O PM à paisana acionou então seus companheiros.

Na sequência, a Polícia Militar solicitou diversas vezes que o condutor do caminhão parasse o mesmo, com todos os pedidos sendo negados. Trafegando pela via em alta velocidade, R.H. parou apenas quando o veículo apresentou problemas mecânicos.

Durante a abordagem, o indivíduo confessou ter roubado o caminhão, porém ofereceu a quantia de R$ 30 mil aos policiais para que estes o deixassem ir embora com o veículo. Após a oferta, o advogado de R.H., identificado como C.E.S.J., foi acionado e compareceu ao local, reforçando a oferta de seu cliente.

Ainda durante a ocorrência, a pedido de R.H., o advogado telefonou para um indivíduo de apelido “Negão”, que deixaria o dinheiro para os policiais em uma lixeira, na altura do Km 58,5 da mesma rodovia.

Chegando no local indicado os policiais encontraram um pacote, contendo dinheiro em seu interior, porém não localizaram o indivíduo que teria deixado o mesmo ali.

Logo após, ambos receberam voz de prisão, sendo encaminhados ao Plantão Policial da Delegacia Central, permanecendo à disposição da Justiça. O dinheiro foi apreendido e o caminhão devolvido para seu proprietário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *