Barragem do Ribeirão Piraí deve começar a ser construída no 2º semestre de 2019

Foto: Divulgação/Prefeitura de Salto

Na última terça-feira (30/10), ocorreu uma importante reunião no Museu da Água, em Indaiatuba, para tratar de assuntos relacionados ao Consórcio Intermunicipal do Ribeirão Piraí (Conirp). Na pauta, os assuntos abordam a questão da abertura da licitação para a construção da nova represa que deve acontecer em 2019 e a expectativa é de que a obra tenha início no segundo semestre do próximo ano.

“É importante caminhar neste projeto e vê-lo sair do papel, após 20 anos de trabalhos, ações e todas as exigências necessários. Esta obra é uma soma de esforços de Salto, Itu, Indaiatuba e Cabreúva que deve garantir reserva de água para os próximos anos”, disse o prefeito de Salto, Geraldo Garcia (PP), que esteve presente.

O encontro contou ainda com a presença do presidente do Consórcio e prefeito de Indaiatuba, Nilson Gaspar (MDB), da superintendente do Consórcio Intermunicipal, Vanessa Kühl, os vereadores Divaldo Aparecido dos Santos (Salto) e Arnaldo Zicatti (Cabreúva).

O Consórcio Intermunicipal do Ribeirão Piraí é formado pelas cidades de Salto, Itu, Indaiatuba e Cabreúva e a barragem deverá ser construída na divisa dos municípios de Itu e Salto e o projeto prevê 386 metros de comprimento, 15 metros de altura, espelho d’água de 1,3 km² e capacidade para armazenar 9 bilhões de litros de água. A área total a ser desapropriada é de mais de 2,97 km² e a obra garantirá a ampliação do volume de captação dos municípios da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *