Câmara aprova que Executivo contraia novos empréstimos

Na sessão desta terça-feira (26), a Câmara de Vereadores de Itu aprovou em primeira discussão que o Executivo municipal contrate operações de crédito junto ao Banco do Brasil. Somados, os empréstimos chegam a mais de R$ 22,5 milhões e serão destinados para intervenções em quadras esportivas (R$ 2 milhões) e infraestrutura viária e mobilidade urbana (R$ 20,5 milhões) – o último, segundo justificativa, será usado para custear a pavimentação de 32,5 quilômetros de vias.

Maria do Carmo Piunti foi contra, relembrando que foi favorável nas primeiras solicitações de empréstimos, mas contrária nas últimas vezes. “Nesses três últimos votei contrário, entendendo que estamos endividando o município”, disse a vereadora, afirmando que os próximos prefeitos vão pagar os financiamentos. José Galvão, por sua vez, disse que é “uma irresponsabilidade” a aprovação de mais empréstimos.

Luciano do Secom, em justificativa de voto, disse que um dos financiamentos, para quadras esportivas, foi um pleito do mesmo, e deverá beneficiar espaços de lazer no Potiguara, Portal do Éden, Cidade Nova e São Judas Tadeu. Segundo ele, a ideia é que as quadras contem com gramado sintético. “Esse empréstimo vai ser super importante para suprir essas necessidades”, disse o edil. Maria do Carmo disse que não é contra a execução dessas obras, mas realizar empréstimos para tal. “Se não tem R$ 2 milhões e precisa buscar um empréstimo, eu parto do princípio que existe algum problema na administração”.

Ricardo Giordani informou que os empréstimos têm juros baixos, e que Itu tem um nível de endividamento também baixo. “O nível de endividamento que uma cidade pode ter é 120% do orçamento. Itu pouco mais de 10% de dívidas, algumas delas sanadas pelo atual prefeito, em especial a do INSS”, alegou o líder do governo Gazzola. Os projetos serão votados em segunda discussão na próxima sessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *