>> Carros Históricos: VW 1600, o famoso “Zé do Caixão”

Com a mesma plataforma do Fusca, o VW 1600 chegou ao mercado em dezembro de 1968. Era um carro de três volumes e quatro portas, com motor a ar de 1600cc, instalado na traseira. Tinha acomodação para quatro pessoas e alcançava uma velocidade total de 135 km/h.

A dianteira, com dois faróis retangulares, foi a única no mundo até 1970, quando ganhou dois faróis redondos de cada lado. Suas formas – quadradas – eram marcantes, mas o sucesso ficou limitado, agradando mais aos taxistas.

Curiosamente o modelo acabou ganhando o apelido de “Zé do Caixão” e no Sul do país também ficou conhecido por “saboneteira”, dois apelidos não muito lisonjeiros, que acabaram colaborando para o insucesso.

O “Zé do Caixão” acabou tendo vida curta, sendo produzido apenas entre final de 1968 e meados de 1971. Por outro lado, acabou sendo o precursor do Passat, que transformou-se em grande sucesso.

Atualmente, mesmo entre colecionadores, o VW 1600 não está entre os preferidos, embora muitos ainda o tenham como um carro até hoje robusto, forte e de boa manutenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *