CIS anuncia conclusão do Sistema Pirajibu na região do Pirapitingui

Duas adutoras fazem parte do Sistema Pirajibu: uma para água bruta e outra para água tratada (Foto: Divulgação/CIS)

O Sistema Pirajibu está pronto, informa a CIS – Companhia Ituana de Saneamento. A segunda captação perene de água de Itu será inaugurada pela autarquia municipal em cerimônia a ser transmitida nesta quarta-feira (1º), às 14h, no Facebook.

A obra – iniciada em outubro de 2019 – visa garantir o abastecimento de água na região do Pirapitingui mesmo durante períodos de estiagem. O Sistema Pirajibu contempla casa de bombas, cabine elétrica e 2,2 quilômetros de duas adutoras, sendo uma tubulação para passagem de água bruta e outra para distribuição de água tratada.

Ao todo são até 117 litros de água por segundo chegando para mais de 40 mil pessoas que moram na região. Os bairros beneficiados são: Cidade nova, Jardim Novo Mundo, Jardim União, Jardim Europa, Residencial Penha de França, Vila Martins, Vila Vivenda, Portal do Éden, City Castelo e Village Castelo. No total, foram investidos aproximadamente R$ 2,7 milhões.

“Em meio à pandemia, o trabalho da CIS não parou. O Sistema Pirajibu atesta o abastecimento de água na região do Pirapitingui durante o ano todo. Esta é mais uma conquista que a CIS trouxe para nossa cidade”, comemora o prefeito de Itu, Guilherme Gazzola (PL).

Já o superintendente da CIS, Vincent Menu, destaca que o Sistema Pirajibu sustenta, no Pirapitingui, a mesma segurança hídrica que o Sistema Mombaça trouxe para região central de Itu. “Certamente a inauguração de duas captações de água que não secam durante períodos de estiagem é um marco da gestão da CIS em pouco mais de três anos”, pontua.

Gazzola relembra dos anos de promessas esquecidas, obras inacabadas e sofrimentos com racionamento na cidade. “Quando assumi a prefeitura de Itu, me surpreendeu a quantidade de obras inacabadas na área de saneamento. Anunciaram cifras exorbitantes de investimento, mas o que encontrei foi abandono e descaso com o dinheiro público. No entanto, o atual trabalho da CIS tem garantido a distribuição constante de água na torneira dos ituanos. Esta conquista não pode ser apagada”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *