Como as atletas do Ituano Basquete estão se cuidando em casa

Luana e Iza mantêm a rotina de treinos de forma adaptada (Foto: Daniel Nápoli)

Dispensadas até segunda ordem, as atletas do Ituano Basquete não se descuidam e seguem em ritmo de treinamento individual, para que não percam a forma durante o período de quarentena. O Periscópio manteve contato com algumas das atletas do Ituano Basquete que relataram como passou a ser a rotina durante a pandemia do novo coronavírus.

Iza Sangalli – “Estou seguindo o treino passado pelo nosso preparador Augusto Cruzolini. Exercícios com o peso do próprio corpo, com elásticos e alguns materiais que o Ituano disponibilizou para esse período, tudo dentro de casa e evitando a academia e o contato com outras pessoas. No quintal de casa, faço exercícios de habilidade com bola. Além dos exercícios, tenho cuidados com a alimentação saudável e equilibrada, além de mais cuidados com a higiene e ficar em casa o maior tempo possível durante esse período”.

Luana – “Eu trouxe [de Itu] alguns acessórios que podem me ajudar nos treinamentos, como um elástico, uma borrachinha, uma bola de medicine ball, uma bola de basquete, enfim, trouxe acessórios que vão me ajudar nos exercícios que eu fizer durante o período de isolamento. Aqui em Santo André, onde moro, estou tomando todos os cuidados possíveis, até porque na minha família temos algumas pessoas do grupo de risco. Tudo o que busco fazer para manter a minha forma é dentro do que é possível ser feito. Nada muito exagerado, porque também temos de preservar ao máximo nossa imunidade. Não estou podendo correr na rua, mas diante dos obstáculos, estou conseguindo fazer os exercícios e com o maior cuidado de higienização, dentro de casa”.

Carolina – “Estou treinando e usando o material cedido pelo Ituano para poder fazer os exercícios básicos, para perder o mínimo da sequência do trabalho que estávamos fazendo até então, adaptando tudo da forma mais prática e funcional possível. Faço pranchas, abdômen, exercícios com o Bosu e com elásticos, a maioria que fazemos na academia, mas adaptando pra fazer tudo dentro de casa. Cuido para manter a higienização dos objetos da melhor forma possível, e também a minha, antes, durante e depois das sessões de treino físico”.

Augusto Cruzolini – “Estamos aprendendo [a lidar com essa pausa], a gente nunca viveu essa momento. Segunda-feira, quando nós da Comissão Técnica nos reunimos e decidimos suspender os treinos, paramos para pensar no bem da sociedade. Na parte do treinamento é tudo novo, então estamos pensando da melhor forma possível. Estamos em isolamento social, está todo mundo em casa – atletas e comissão técnica – então está sendo um momento muito delicado da nossa sociedade. O contato com as jogadoras [é feito] diariamente; as ferramentas que temos como WhatsApp, nos ajudam nesse controle. Então eu falo com elas todos os dias, passo o treino e mantemos contato para não perder o condicionamento físico. Nessa semana a gente adotou um sistema de  treinamento diário; a partir da semana que vem, estarei passando o treino semanal, com a distribuição de exercícios. Elas não podem perder o condicionamento, para quando acabar o isolamento social e voltar à normalidade, elas estarem bem treinadas e bem fisicamente. Pelo menos na parte física a gente consegue essa manutenção”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *