Contra construção de novo prédio da Câmara, grupo político colhe assinaturas

Por Daniel Nápoli

Grupo esteve presente na Avenida Galileu Bicudo durante toda a manhã de domingo, colhendo assinaturas

 Na manhã do último domingo (10), membros dos partidos NOVO e PSL, bem como participantes do MBL (Movimento Brasil Livre), estiveram presentes no cruzamento da Avenida Galileu Bicudo com a Rua Dr. Graciano Geribello colhendo assinaturas contra a proposta de construção de um novo prédio para a Câmara Municipal. Contando com pouco mais de mil assinaturas virtuais, na oportunidade foram angariadas assinaturas físicas, que futuramente deverão ser protocoladas. Ao Periscópio, o ex-vereador Eduardo Ortiz (NOVO) comentou a respeito do ato.

“Hoje estamos aqui para mais uma vez evitar que seja construído um prédio novo para a Câmara. Eu, que já lutei contra esse abuso lá atrás e graças a Deus nós conseguimos, com a pressão, com a gritaria que se voltasse atrás. Eles recuaram depois de ter sido aprovado o projeto. E estamos aqui com mais uma luta. Eles (vereadores) têm que entender que quem os colocou lá foi a população e se clama por algo, eles têm que atender. As pessoas estão aderindo e aos poucos vamos conseguir. Ainda teremos novos capítulos”, diz.

Vice-presidente do diretório de Itu do PSL, Leandro Cardoso também falou ao JP. “Nos reunimos com os grupos de direita para ir contra esse projeto, que acreditamos ser um desperdício, um gasto público desnecessário tendo em vista as alegações para construção. Se quiser fazer uma pequena reforma tudo bem, mas sabendo da importância de se diminuir gastos, enxugar a máquina e fazer isso não dá. A população está muito atenta, bem ligada a política, principalmente na base da internet. A recusa da população em cima desse projeto é grande. Vamos conseguir essa meta”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *