Coral Vozes de Itu canta música ituana em São Paulo

No próximo sábado (25), aniversário da cidade de São Paulo, a partir das 11h, o Coral Vozes de Itu participará da abertura de uma exposição com obras do artista Padre Jesuíno do Monte Carmelo, no Museu de Arte Sacra. São cerca de 17 telas do artista que poderão ser visitadas ao longo dos próximos meses em um dos lugares mais importantes para a arte sacra paulista.

Padre Jesuíno nasceu em Santos, em 1764, e morreu em Itu em 1819. No ano passado  o bicentenário de sua morte foi lembrado em diversos eventos em Itu e Campinas. Jesuíno desde jovem viveu em Itu, onde estudou artes, sobretudo pintura, com o mestre José Patrício da Silva Manso e produziu tetos e telas nas principais igrejas ituanas.

A música estudou com os carmelitas e com o mestre André da Silva Gomes nos dois anos em que viveu em São Paulo, para pintura da Igreja do Carmo e onde foi ordenado padre.

O coral Vozes de Itu, a convite da Secretaria Municipal de Cultura e do Patrimônio Histórico de Itu, apresentará sete composições de Jesuíno, cuja obra musical é de excelente qualidade e revela a beleza da escola artística do interior paulista e o movimento religioso e cultural em Itu.

O concerto é aberto ao público e acontecerá no Museu de Arte Sacra, instalado nas dependências do Convento da Luz (Av. Tiradentes, 676), região da Luz, em  São Paulo (metrô Tiradentes). Na capela do convento está enterrado o corpo de Santo Antonio de Santana Galvão, frade franciscano que viveu em Itu, contemporâneo do Padre Jesuíno.

O evento faz parte da série “Concertos Históricos de Itu”, iniciativa da Prefeitura de Itu, do Museu da Música – Itu, do Instituto Cultural de Itu. Conta com apoio do Museu de Arte Sacra Padre Jesuíno do Monte Carmelo e do Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *