DE ONDE VIEMOS?

Além dos enigmas do Universo, talvez seja essa a eterna dúvida dos homens: “De onde viemos?”. Antes de se decifrar o DNA, Charles Darwin apresentara sua teoria sobre o processo de descendência e evolução tanto dos homens como dos animais em seu célebre trabalho “A Origem das Espécies”. Sabe-se que algumas características do DNA são hereditárias e outras podem se modificar, dependendo do ambiente e de hábitos adotados pelos seres vivos.

Astrônomos desenvolveram teorias explicando a formação do universo, através do Big Bang (a grande explosão), a formação das galáxias, estrelas, planetas e seus satélites como a Terra e a Lua. Dão explicações sobre o RNA e DNA, com suas reações químicas que através de milhões de anos desenvolveram a vida em nosso planeta e quiçá em outros mundos.

Em 1996 clonou-se a ovelha Dolly, reprodução laboratorial que se tornou um marco da ciência e inclusive as possibilidades de poder clonar o ser humano, ainda não realizado devido às barreiras éticas e religiosas.

Na universidade de Harvard, nos EUA, desde 2015 procura-se reconstruir o DNA do mamute, extinto há 5000 anos, e estão próximos de êxito.

Em 1974, dois antropólogos americanos, Donald Hohanson e Tom Gray realizando pesquisas na Etiópia toparam com os ossos de um hominídeo, que foi batizado por Lucy. O nome foi escolhido porque na época ouvia-se a música “Lucy in the Sky with Diamonds”, dos Beatles. Com essa descoberta, de milhões de anos, ficou evidente que a nossa espécie originou-se no continente africano. Em 2001 encontraram-se outros fósseis com cerca de 7 milhões de anos e ficou confirmado que todo homem ou mulher descendia da mesma árvore genealógica. Esses fósseis continuam a ser encontrados tanto no continente africano e no asiático, entre outros.

Em 1992 conseguiu-se reconstituir o rosto de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas, cujos restos foram ameaçados no recente incêndio do Museu Nacional do Rio de Janeiro. Sabe-se, todavia, que entre um macaco e um ser humano a semelhança do DNA é de 96% e entre seres humanos de raças diferentes é de 99,9%. Significa que a cor da pele e outras características não podem ser usadas para nos diferenciar.

Como ficam as explicações das religiões a respeito da nossa origem? Cada qual desenvolveu seus dogmas sobre a criação do homem e sua evolução.

Disse Deus: – “Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. Esta é uma das mais famosas passagens da Bíblia, bem como a da criação do primeiro homem e da primeira mulher no Paraíso (Éden) – Adão e Eva.

Tudo isso me fez lembrar de uma velha piada:

O filho de oito anos pergunta ao pai:

  • Papai, de onde nós viemos?
  • Meu filho, segundo a Bíblia, somos descendentes de Adão e Eva, o primeiro casal criado por Deus.
  • Mamãe disse que nós descendemos dos macacos!
  • Veja bem, eu descendo de Adão e Eva, já sua mãe…

 

Guilherme Del Campo

Cadeira nº 11 I Patrono Mario de Andrade

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *