Deputado Herculano rebate envolvimento com “fake news” contra um blogueiro

Uma operadora de telefonia enviou Ofício ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) dando conta de que notícias falsas – as chamadas fake news – contra um blogueiro da cidade de Atibaia/SP partiram de dentro de um escritório que é compartilhado entre o deputado federal Herculano Passos (PSD) e o deputado estadual Edmir Chedid (DEM).

A página, por decisão judicial, foi retirada do ar, mas a vítima das ofensas, proferidas por meio de um perfil falso nas redes sociais, afirma que entrará com queixa-crime por calúnia. No ofício, a companhia telefônica relata que o conteúdo foi originado de dentro do escritório que é compartilhado pelos deputados Chedid e Passos, na cidade de Atibaia.

Em nota enviada ao jornal “Estadão”, o deputado Edmir Chedid disse que não tem informações detalhadas a respeito e que tomou conhecimento do assunto pela Internet. Mesmo assim, determinou a troca das senhas e do sistema de wi-fi (internet sem fim) de todos os seus escritórios políticos.

A reportagem do “Periscópio” manteve contato telefônico com o deputado Herculano Passos, que afirmou: “não vou tomar providências. A Internet é aberta e mais de 40 pessoas por dia passam pelo escritório. Qualquer um pode passar por lá e acessar o wi-fi”, declarou. Herculano disse ainda que “nunca fiz nada desse tipo”, referindo-se às fake news.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *