Dois Pontos: Disputa “Giva X NOVO” acirra na Câmara

Da redação e colaboradores

Mais um episódio envolvendo o presidente da Câmara, Givanildo Soares (PROS), e integrantes do partido NOVO. O coordenador da sigla, Marco Lourencini, enviou carta ao Legislativo – lida na sessão desta semana – em que diz que não pode “aceitar passivamente a forma agressiva” como Giva vem se referindo ao grupo. Vale lembrar que o vereador fez duras críticas ao partido, que vem se posicionando de forma contrária à ideia de construção de um novo prédio da Câmara. Mas o presidente do Legislativo não deixou quieto e voltou a falar que o NOVO “de novo não tem nada”. Ele também ironizou as propostas do partido de redução de custo. “Nós vamos reduzir também, não é vereador Benedito Roque (Podemos)? O vereador Benedito falou: ‘vamos reduzir o salário do vereador para um salário mínimo, se eles topam’. Mas estando aqui. Porque fora é fácil”, disse. Dito chegou a falar (sem citar especificamente o NOVO) que “quando tiveram a oportunidade de fazer, não fizeram nada”. Essa disputa vai longe e só deve acabar em outubro de 2020, nas urnas.

REPAROS: Quem passa em frente à Câmara percebe grande movimentação de funcionários que realizam reparos no telhado do prédio. Segundo Giva, as fortes chuvas prejudicaram a estrutura, que está sendo consertada. Diversas telhas estão sendo trocadas e o trabalho deve perdurar por mais algumas semanas. Nesta semana, voltou a ‘alagar’ dentro das dependências legislativas.

COMPANHIA: O vereador Luciano do Secom (PTB) é autor de um interessante projeto de lei que dispõe sobre o direito de todo cidadão ter um acompanhante em consultas médicas em Itu, independente da idade. Hoje, muitos serviços de saúde apenas autorizam a entrada de acompanhantes para crianças, idosos e pessoas com algum tipo de deficiência.

EMOÇÃO: Foi de Luciano do Secom também um projeto de lei, aprovado por unanimidade na sessão desta semana, que dá o nome de Edmilson Umbelino Gomes para uma viela no Bom Viver. Gomes foi um dos dois vigilantes que morreram ao salvar outros companheiros em uma enxurrada ocorrida em 2016. A família esteve presente na sessão e se emocionou.

AGORA É LEI: Passou em segunda discussão o projeto de lei que declara o filé à parmegiana patrimônio cultural imaterial de Itu. A propositura de Giva teve votos contrários apenas de José Galvão (DEM) e Maria do Carmo Piunti (PSC), novamente. Porém, desta vez, não houve discussão e a proposta passou sem maiores embates.

REQUERIMENTOS: Maria do Carmo Piunti fez cinco requerimentos, entre eles dois referentes ao Hospital Municipal. Outros fazem perguntas relacionadas a servidores lotados na Secretaria da Saúde. Em um deles, ela aponta que um perfil intitulado “Hiram Fiba” no Facebook possui informações privilegiadas da saúde de Itu e questiona se alguma pessoa com esse nome integra o quadro de funcionários.

CARNAVAL: A folia de momo foi lembrada pelos vereadores na sessão. A situação elogiou o “Carnaval da Praça” da Prefeitura e o vereador Ricardo Giordani (PTB) enalteceu o título da Mancha Verde no Carnaval paulistano. Giordani, inclusive, participou do desfile. Já José Galvão e Normino da Rádio (PHS) criticaram a Gaviões da Fiel por conta da polêmica envolvendo religião.

BI: Descontente com o final do desfile de escolas de samba em Itu, o carnavalesco Marcelo Mello levou sua escola, a Mocidade Independente, para participar da folia em Sorocaba. Ano passado a agremiação já havia conquistado o título do Carnaval sorocabano, e em 2019, a escola faturou o bicampeonato.

BRILHANTE: Em vídeo divulgado por um assessor nas redes sociais, o governador João Doria (PSDB) chama o deputado federal Herculano Passos de “brilhante parlamentar”. O chefe do Executivo paulista ainda chamou o ex-prefeito de Itu de “brigador e guerreiro”, que vai defender os interesses de São Paulo como coordenador da Bancada Paulista em Brasília.

BRILHANTE II: João Doria ainda estendeu os cumprimentos à deputada estadual Rita Passos, a quem chamou de “nossa amiga”. O curioso disso tudo é nem Herculano nem Rita apoiaram o governador durante as eleições, mesmo com o PSD – partido em que a deputada está – ter integrado a chapa tucana.

FALANDO NISSO: Está marcada para o dia 13 a reinstalação da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Municípios. O evento será na sede da Confederação Nacional dos Municípios. A Frente foi criada em 2015 durante a Marcha dos Prefeitos, e é presidida por Herculano, que será reconduzido ao cargo.

FUXISCÓPIO
Dizem que o ano só começa mesmo após o Carnaval. Com o fim da festa mais popular do mundo, é esperado que o governo Bolsonaro “pegue no tranco” e as discussões necessárias sejam enfim iniciadas. O resto é cortina de fumaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *