Ex-comandante do Regimento Deodoro é chefe de Gabinete no Ministério da Defesa

Mais uma vez a cidade de Itu possui ligação com o Governo Federal. Dessa vez, por conta do General de Divisão Edson Diehl Ripoli, que comandou o 2º GACL – Regimento Deodoro (Quartel de Itu) entre os anos de 2005 e 2007, que agora exercerá a função de Chefe de Gabinete do Ministro da Defesa, General Fernando Azevedo e Silva.

Porém, até o dia 12 de fevereiro, o militar dividirá a função de comandante da Escola de Comando e Estado Maior do Exército-Escola Marechal Castello Branco, no Rio de Janeiro. Após o período, se dedicará a nova função no governo do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), de maneira integral.

O Periscópio esteve em contato com o General de Divisão Diehl que comentou a respeito da nova função. “Serei o assessor imediato do General Fernando. Cuidarei de sua agenda e das demandas do ministro. Ontem (quarta-feira, dia 2), ele já assumiu a pasta e já seguimos com os trabalhos em Brasília”.

Durante a entrevista concedida de forma exclusiva, o ex-comandante do Quartel de Itu falou sobre o convite para a nova função ao longo de uma atuação próxima no Exército Brasileiro.

Ainda atuando como comandante da Escola de Comando e Estado Maior do Exército-Escola Marechal Castello Branco, o militar recorda com carinho de sua passagem em solo ituano. “Para mim, Itu é uma cidade muito querida. Permaneci aí por oito anos, seis deles como Capitão e os outros dois como Tenente Coronel e comandante do Regimento Deodoro. Só guardo boas lembranças desta cidade bastante acolhedora e de ótima estrutura”.

O chefe de Gabinete do ministro da Defesa, relembra ainda que esteve presente nas comemorações dos 100 anos do Quartel de Itu, em janeiro do ano passado, onde “tive a oportunidade de rever grandes amigos”, encerra o General de Divisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *