Exposição de Odiléia Toscano conta com 80 obras originais da renomada artista

Foto – Divulgação/Prefeitura de Itu

Foi oficialmente aberta ontem (04), no saguão da Prefeitura de Itu, a exposição gratuita “Odiléia Setti Toscano – A poesia do Ser”, com 80 obras originais da renomada artista em diversas fases, períodos e técnicas, em diálogo com 13 obras realizadas em recortes de papel colorido de seu pai, Orlando Setti. Além das obras, os visitantes poderão ter acesso a outras informações sobre a artista como pesquisa curatorial, uma linha cronológica e entrevistas em áudio visual.

O vice-prefeito Caio Gaiane prestigiou o evento e destacou a importância desta exposição para cidade. Também estiveram presentes a secretária municipal de Cultura e Patrimônio Histórico Maitê Velho, o prefeito Geraldo Garcia e o secretário municipal de Cultura Sandro Bérgamo, ambos de Salto, o diretor do Museu e Arquivo Histórico Municipal “Synesio Sampaio Góes” (Mahmi), Emerson Ribeiro Castinho, três dos quatro filhos de Odilea, Ana Paula, Guilherme e Eduardo, uma irmã da artista, Kilza Setti de Castro Lima, demais familiares e autoridades. Os familiares de Odiléa receberam uma homenagem por todo empenho e parceria para a realização desta exposição.

Artista de grande importância no cenário nacional, Odiléa tem suas obras de maior visibilidade em estações de metrô da cidade de São Paulo como Paraíso, Jabaquara, Santana e São Bento, inseridas nos locais em iniciativa dos anos 90, chamada “Arte No Metrô”. Nos murais, tratamentos cromáticos são marcados pelas linhas curvas e pela simplicidade, com intenção de representar elementos da natureza.

A exposição é viabilizada por meio de parceria entre os filhos do casal Toscano e os museus municipais das cidades de Itu e Salto, Museu e Arquivo Histórico de Itu (Mahmi) “Synésio de Sampaio Góes” e Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”, junto com Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Ceunsp). Assinam a curadoria o diretor de Patrimônio Cultura e diretor do Mahmi, Dr. Emerson Ribeiro Castilho, a Prof.ª Ms. Sônia Chamon, do Ceunsp e a Prof.ª Morgana Ribeiro, da Emia.

A cerimônia de abertura contou com a participação dos alunos de música da Escola Municipal de Iniciação Artística “Manolo Santoro”, com o professor José Euclésio. As obras podem ser visitadas gratuitamente até o dia 30 de julho, das 8h às 16h30, no saguão da Prefeitura de Itu, localizada na Avenida Itu 400 Anos, 111, Itu Novo Centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *