Giro dos Grandes: Diniz e Jesualdo na corda bamba

SÃO PAULO – A situação é das piores no São Paulo, a permanência de Fernando Diniz está praticamente insustentável, com diretores e conselheiros pedindo a cabeça do técnico. A torcida, revoltada, quer também a saída de Raí. O presidente Leco também é alvo de pichações e revolta por parte dos torcedores. O Tricolor completa oito anos sem conquistar um título de expressão (o último foi a Copa Sul-Americana de 2012).


SANTOS – Não é muito diferente a situação no Santos. A eliminação diante da Ponte Preta revoltou grande parte da torcida. Se pelo menos o jejum de títulos na Vila Belmiro é menor, a situação financeira do clube é uma dor de cabeça considerável. A permanência do técnico Jesualdo Ferreira também é algo que desagrada parte da diretoria, conselho e a maioria dos torcedores.


CORINTHIANS – O jogo semifinal diante do Mirassol será domingo, às 16h, com transmissão da TV Globo. Cássio é um dos mais felizes, pois está vivendo ótima fase. Ele e Fagner chegam à sexta semifinal consecutiva juntos, o que não é pouco. Jô, autor de um dos gols contra o Red Bull Bragantino nas quartas de final, rebateu críticas de que estaria fora de peso.


PALMEIRAS – Caso o Palmeiras vença a Ponte Preta neste domingo, às 19h, o técnico Vanderlei Luxemburgo estará igualando-se a Luis Felipe Scolari como o segundo treinador com mais vitórias na história do Verdão. No momento, Scolari soma 237 vitórias enquanto Luxa está com 236. O grande vencedor é Oswaldo Brandão com históricas 342 vitórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *