Guilherme Gazzola é o novo presidente do PL em Itu

Por André Roedel

Prefeito Guilherme Gazzola assina a ficha de filiação ao PL durante evento na Vila Vicentina (Foto: Divulgação)

Em solenidade realizada na noite da última sexta-feira (14) no salão de festas da Vila Vicentina, o prefeito Guilherme Gazzola confirmou sua ida para o PL (Partido Liberal). Além disso, o chefe do Executivo ituano assume a presidência do diretório municipal da sigla, até então ocupada pelo secretário de Serviços Rurais e ex-vereador Adauto Gonçales, mirando as eleições de outubro.

A cerimônia, prestigiada por cerca de 700 pessoas (organizadores chegaram a calcular cerca de 1000) entre funcionários da Prefeitura e correligionários locais e regionais, contou com a presença de autoridades do PL, como os deputados federais Márcio Alvino e Luiz Carlos Motta e o estadual André do Prado, além de prefeitos, vereadores e pré-candidatos de Itu e cidades da região.

Durante discurso, Gazzola comentou sua opção por sair do PTB – partido com o qual se elegeu prefeito em 2016 – e ingressar no PL. “Era preciso fazer escolhas. E hoje a escolha mais correta é você ter um caminho que trilha mais para o centro, sem os extremos da esquerda e os excessos da direita”, disse. Após o evento, o prefeito falou ao JP destacando a quantidade de pessoas presentes.

“Eu acredito na capacidade de mobilização. Hoje não é fácil você juntar mais de mil pessoas para discutir política, para discutir o futuro da cidade de Itu. É o início de uma caminhada. Começamos bem, com o pé direito”, disse Gazzola, já adotando o discurso para a reeleição. “Vamos tentar trabalhar para continuar mudando a cidade, esquecer o passado e pensar num futuro melhor”.

O novo diretório do PL em Itu fica assim formado: Guilherme Gazzola (presidente), Thiago Gonçales (vice-presidente), Michelle Campanha (secretária), Glaucia Boff (tesoureira), Luciano Chaves (vogal) e Jair de Lima (suplente do diretório). O vereador, que é líder do prefeito na Câmara, também falou ao JP sobre a vinda de Gazzola ao PL.

“Pra gente, que está no partido há muito tempo, é satisfatório. Pra gente que acredita no Guilherme, no trabalho dele, acho que é um prêmio. Para o partido e para a cidade também, pela representatividade que o partido também tem”, disse. “Sem demagogia, mas acho que a cidade ganha com isso”.

Essa fala foi a tônica dos discursos das demais autoridade presentes, uma vez que eles aproveitaram para destacar a força do PL na Câmara Federal – com a quarta maior bancada, possuindo 40 deputados atualmente – e acirrar a rivalidade entre os grupos políticos de Itu. O secretário Adauto, por exemplo, cobrou apoio para a recuperação de estradas da zona rural que foram castigadas após a forte chuva de semana passada. “Dois deputados de Itu ligaram para cobrar, não para ajudar. Aqui em Itu não temos deputados”, disse ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *