Heineken Brasil vende kartódromo em Itu

O Grupo Heineken no Brasil confirmou ontem (14) ao JP que está em processo de finalização da venda do kartódromo localizado na fábrica de Itu. Os valores não foram revelados, mas o comprador é a escola de pilotagem Alpie, de São Paulo, com tradição no automobilismo – tendo formado mais de dois mil alunos, dentre eles alguns nomes de destaque como Antonio Pizzonia e Tony Kanaan.

Segundo a empresa, a decisão segue a estratégia de focar no negócio de bebidas. Ou seja, a companhia está se desfazendo de ativos que não sejam ligados estritamente à produção das cervejas, refrigerantes e sucos da marca – incluindo o kartódromo. Ainda de acordo com o grupo, até o momento não há eventos da companhia previstos para o espaço.

Em 2017, também ao JP, a Heineken havia declarado que o encerramento das operações do local não estava planejado naquele momento. Até 2016, o espaço era gerido pelo Ituano Motor Sport Club, que por 10 anos foi responsável por sua administração.

Porém, sem a renovação de contrato, as atividades do kartódromo – que recebeu grandes eventos do kartismo nacional, como o Campeonato Brasileiro de Kart – foram suspensas. Eduardo Gozzano, presidente do clube, deu sequência ao projeto em Araçariguama, com a inauguração de uma moderna pista. Já na pista de Itu, segundo o apurado pela reportagem, deverão ser realizadas diversas atividades, incluindo competições de arrancada e drift.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *