Homem é preso após agressões contra enteado com deficiência

Imagem divulgada pelo investigador Moacir Cova com as agressões sofridas pelo jovem
(Foto: Reprodução/Facebook)

Um homem foi preso na noite desta segunda-feira (11), em Itu, suspeito de agredir com um pedaço de madeira o enteado, um jovem de 25 anos com deficiência (microcefalia) e autismo. O caso foi atendido pela Polícia Civil no bairro Vale das Brisas, zona rural do município.

Segundo o investigador Moacir Cova, a vítima “foi covardemente agredida e torturada pelo padrasto”. “A mãe, vendo tudo, nenhuma providência tomou. Por sorte parentes viram e fizeram a denúncia para nós”, relatou o policial. O suspeito foi levado para a Delegacia Central, onde foi expedido mandado de prisão preventiva. Ele será encaminhado para a cadeia de São Roque.

Além de todas as agressões sofridas, o jovem foi deixado com braços e pernas amarradas. A reportagem do Periscópio recebeu imagens das agressões sofridas pelo jovem, mas as imagens são fortes e não será reproduzidas. As identidades tanto da vítima quanto do suspeito não foram reveladas.

Ainda de acordo com Cova, a família trabalha como caseiros num restaurante no Vale das Brisas. Segundo o Portal G1, a mãe do rapaz consentiu com as agressões. Em interrogatório, ela contou à polícia que permitiu que o marido fizesse isso com o filho porque considerava ser um modo para “controlar” a vítima. Ela também deverá responder judicialmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *