Secretaria Municipal de Saúde amplia os pontos de vacina contra a febre amarela

Foto: Divulgação/Ministério da Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde inicia, a partir da próxima segunda-feira (15), seguindo uma orientação do Governo do Estado de São Paulo, intensificação da vacinação contra a febre amarela, mesmo não havendo registro de casos da doença em humanos ou primatas na cidade de Itu.

A ação contemplará moradores de bairros localizados na região do Pirapitingui, Varejão e Taperinha, ou seja, todos próximos aos municípios com registro de casos de febre amarela em primatas, pessoas que se deslocarão para áreas de circulação de vírus e moradores da zona rural.

Um cronograma com locais e horários específicos foi elaborado para essa ação. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) 2, 8, 11, 12, 13 e 15 (confira relação de endereços nesta página), a vacinação será realizada de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Na zona rural, equipes da Secretaria de Saúde irão até os imóveis para promover a vacinação conhecida como “porteira a porteira”.

Para se vacinar é preciso ter acima de 9 meses de idade. A equipe da Secretaria de Saúde solicita que o munícipe apresente a Carteira de Vacinação e um documento pessoal com foto no ato da imunização.

A expectativa é que 60 mil pessoas sejam imunizadas em Itu, mas como as doses da vacina contra a febre amarela são disponibilizadas pelo Governo do Estado, haverá uma quantidade de doses por dia. Em seis pontos fixos de vacinação será aplicada uma média diária de 800 doses.

Segundo a Prefeitura, neste momento as doses de vacina contra a febre amarela aplicadas em Itu não são fracionadas. Mesmo havendo posterior indicação de fracionamento pelo Governo do Estado, as doses destinadas para emissão de certificado internacional serão doses completas. Cento e trinta e cinco países exigem esse certificado internacional. São países da Ásia, alguns da região do Caribe e, principalmente, da África.

Nesta semana, o Instituto Adolfo Lutz confirmou que um dos quatro macacos encontrados no Parque do Matão, no bairro Bela Vista, em Votorantim, morreu por febre amarela. O local foi fechado para o público como medida de precaução contra a doença que, assim como a dengue, o zika vírus e a febre chikungunya, é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Segundo a Fiocruz, a febre amarela é uma doença infecciosa grave. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias.

A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso. A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra a febre amarela.

 

Confira os postos em que a vacina será aplicada:

 

UBS 02 – “José Maria Vicente”

Endereço: Rua Fiovo de Bernardini, s/n, Jardim União

Fone: 4019-0550

 

UBS 08 – “Dr. Cid Ferraz do Amaral”

Endereço: Avenida Goiás, 180 – Bairro Brasil

Fone: 4013-2256

 

UBS 11 – “Frei Pascácio Hettler”

Endereço: Rua Osasco, s/n, Bairro Cidade Nova I

Fone: 4019-1192

 

UBS 12 – “Dr. Emílio Chierighini”

Endereço: Avenida Sol, s/n, Jardim Novo Mundo

Fone: 4019-1438

 

UBS 13 – “Dr. Cláudio Fruet”

Endereço: Rua Genecey Cabreira, s/n, Bairro Portal do Éden

Fone: 4019-3118

 

UBS 15 – “Dr. Hélio Chierighini”

Endereço: Rua Armênia, s/nº, Residencial Potiguara

Fone: 4013-4460

5 comentários em “Secretaria Municipal de Saúde amplia os pontos de vacina contra a febre amarela

  • 11 de janeiro de 2018 em 17:18
    Permalink

    Porque não colocam um ponto de vacinação dentro do terminal.

    Resposta
  • 12 de janeiro de 2018 em 21:43
    Permalink

    Pessoas com deficiência fazem parte dos grupos de risco com direito à vacinação?

    Resposta
  • 15 de janeiro de 2018 em 17:13
    Permalink

    Quais as recomendações para pessoas com mais de 60 anos.

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2018 em 10:09
    Permalink

    Porque não coloca em todos os UBS de Itu, assim não congestiona lugar nenhum?

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2018 em 19:50
    Permalink

    Porque não colocam um ponto de vacinação dentro do terminal.
    Da cidade nova

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *