Itu fica novamente entre as 100 cidades mais inteligentes do País

No setor de segurança do ranking, Itu na 9ª posição / Foto – Arquivo/Prefeitura de Itu

Por André Roedel

Durante a Cerimônia de Abertura do Connected Smart Cities, que ocorreu terça-feira (04), em São Paulo, foi divulgado o resultado do Ranking Connected Smart Cities 2018, principal estudo sobre cidades inteligentes do Brasil e realizado pela Urban Systems, em parceria com a Sator.

O Ranking, que conta com a participação de cerca de 700 cidades, que são analisadas a partir de 70 indicadores, apontou Itu (que obteve 24,397 pontos) como a 87ª cidade mais inteligente e conectada do País – oito posições mais bem colocada do que no Ranking de 2017, quando o município figurou em 95º. Curitiba/PR conquistou o primeiro lugar, São Paulo/SP ficou em segundo e Vitória/ES vem logo em seguida.

Em sua 4ª edição, o Connected Smart Cities tem como objetivo definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, sendo dividido em quatro resultados: Geral, por Eixo Temático, Região e por Faixa Populacional. O Ranking é composto por indicadores de 11 principais setores: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança.

No setor de segurança, Itu aparece com maior destaque na 9ª posição, com 2,796 pontos. Em 2017, a cidade havia ficado na 15ª posição nesta categoria. Ipojuca/PE lidera esse setor do Ranking, seguida por São Miguel dos Campos/AL e Cabedelo/PB. A cidade de Itu também aparece em outros setores.

Em meio ambiente, o município caiu posições. Se em 2017 era 25º, agora é 31º com 6,192 pontos. No setor economia, Itu aparece pela primeira vez entre as 50 primeiras, mais precisamente na 39ª posição, com 5,567 pontos. Nas demais categorias a cidade não consta nas listas.

Poder Público celebra
De acordo com Plínio Bernardi Júnior, secretário municipal de Planejamento as ações, desde o início de 2017 colocaram Itu neste ranking em que não estava antes. “Agora, no ano de 2018, subimos oito posições, comprovando que estamos no caminho certo. São 70 indicadores, que envolvem todas as áreas, mostrando que estamos melhorando de forma geral”, explica.

Para ele, é uma melhoria contínua e geral que traz esse resultado. “Estamos fazendo ações que, às vezes, não são aparentes para o cidadão. Quando você faz um asfalto ou alguma outra obra civil, isso fica imediatamente visível. É diferente de quando você mexe em digitalização de processos, uso de tecnologia para a muralha eletrônica da segurança, infovias e iluminação inteligente. São melhorias que não ficam explícitas aos olhos, mas o cidadão sente o resultado”, relata.

O prefeito Guilherme Gazzola (PTB), por sua vez, afirma ter um planejamento estratégico, “que estamos seguindo à risca”. “Esse reconhecimento do ranking não é coincidência. Já estamos colhendo o que plantamos nesse um ano e alguns meses. Prova disso é o resultado positivo no IDEB, que impacta nos critérios de Cidade Inteligente. Estamos muito satisfeitos com a evolução no ranking. A tendência é a de que a cidade evolua e melhore ainda mais nos próximos anos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *