Itu tem variação positiva na geração de empregos no primeiro semestre de 2018

Tabela no site do Caged mostra resultado do primeiro semestre em Itu/ Foto – Reprodução

Dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho mostram que Itu teve uma variação positiva de 1.154 vagas na geração de empregos no primeiro semestre deste ano. O resultado é mais de cinco vezes melhor que igual período de 2017, quando a variação foi de apenas 215 postos de trabalho a mais.

O resultado também é o melhor da série histórica apontada pelo Caged desde 2011, quando Itu fechou o primeiro semestre com 1.699 admissões a mais. Os resultados foram piorando a medida que a crise econômica foi se intensificando, chegando a registrar variação negativa de 395 vagas em igual período de 2016. A variação dos seis primeiros meses é melhor que 2017 inteiro, quando houve 129 contratações a menos ao todo. (André Roedel)

Os números do Caged mostram que 10.473 admissões foram registradas na cidade nos seis primeiros meses do ano, contra 9.319 desligamentos. O setor de Serviços liderou o bom resultado ituano, com 879 contratações a mais. Destaque também para a Indústria, com variação positiva de 384 vagas.

Já o Comércio apresentou queda no primeiro semestre, com 2.184 contratações e 2.300 demissões – resultando numa variação negativa de 116 postos de trabalho. A Construção Civil também apresentou queda, apesar de contar com números mais modestos: 232 admissões e 240 desligamentos (variação negativa de 8 vagas).

Prefeito de Itu, Guilherme Gazzola (PTB) celebra os resultados alcançados na área do emprego em sua gestão. “A nova administração trouxe um ambiente de segurança e incentivo aos novos investimentos, e isto começa a se refletir na geração de empregos e renda”, disse ao Periscópio.

Na região

O resultado ituano no primeiro semestre foi o melhor da região de Sorocaba, que engloba 15 cidades, entre elas Salto, Porto Feliz e Votorantim. Capela do Alto, com variação positiva de 822 vagas, aparece em segundo lugar, enquanto Sorocaba, com saldo de 794 postos de trabalho, fecha o top 3.

A vizinha Salto registrou 5.227 admissões e 4.633 demissões no primeiro semestre, com saldo de 594 vagas a mais. Porto Feliz teve variação de 467 vagas, com 3.028 admissões e 2.561 demissões. As empresas de Cabreúva, também vizinha de Itu, admitiram 2.786 pessoas e demitiram 2.520, com saldo de 266.

Na região de Campinas, a cidade sede ficou em primeiro na geração de emprego, com 2.828 vagas de saldo, seguida de Elias Fausto com 1.409 e Indaiatuba com 1.205. Em todo o Estado de SP, a variação positiva foi de 129.908 vagas. Já em todo o Brasil, os números apontam 344.057 contratações a mais.

Segundo dados divulgados recentemente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o desemprego caiu para 12,4% no segundo trimestre do ano no País, mas ainda atinge 13 milhões de pessoas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *