Ituano perde nos penais e fica em terceiro lugar

Foto: Patrick Rodrigues 

Na tarde do último domingo (04), o Ituano jogou em Brusque/SC e acabou sendo eliminado nos penais para o Brusque. Nos 90 minutos, 0x2, e na decisão em penalidades, 3×4. Com o resultado, o Ituano despediu-se da Série D em terceiro lugar, mas com o acesso garantido à Série C 2020.

O time do professor Vinícius Bergantin dependia de um simples empate, mas poderia até perder por um gol de diferença para ficar com a vaga. Perdeu por dois. Com isso, a decisão foi para as penalidades, onde o Brusque foi mais feliz e venceu. Com isso, Manaus/AM e Brusque/SC farão a grande final.

Com a bola rolando, o Brusque, em casa, assumiu o protagonismo e foi pra cima do Ituano – que acabou não reeditando seu melhor futebol, vendo-se envolvido pelo adversário. O primeiro gol aconteceu aos 17 minutos, por intermédio de Fio, de cabeça. Antes, o Marreco já havia marcado com Tiago Alagoano, mas a arbitragem deu impedimento.

Em resumo, o primeiro tempo foi um exercício de ataque contra defesa. Só após os 30 minutos de jogo o Ituano conseguiu equilibrar um pouco as ações e mostrar um pouco do seu real futebol.

Isso, entretanto, caiu por terra aos 17 minutos da etapa final, quando Tiago Alagoano surgiu sozinho à frente de Pegorari para fazer o segundo gol, incendiando a torcida local. O Brusque poderia ter liquidado a sorte da partida aos 32 minutos, quando o artilheiro catarinense Júnior Pirambu cobrou penalidade para defesa sensacional de Pegorari.

Com os 2×0 do time da casa, a decisão foi para as penalidades, onde o Brusque acabou vencendo por 4×3, fazendo uma grande festa no aniversário da cidade de Brusque, que comemorou, no domingo, 159 anos de existência.

Planejamento
Após a eliminação do Ituano no Brasileiro da Série D, onde o time fechou a competição em terceiro lugar, o elenco ganhou dispensa e deverá entrar em férias, após a desgastante participação.

Alguns jogadores do elenco poderão ser emprestados para clubes das séries C e B e a direção do clube deverá reunir-se para discutir renovações de contratos, possíveis dispensas e futuras contratações.

A princípio o elenco deverá voltar a ativa em dezembro, iniciando a pré-temporada do Paulistão 2020. Até lá as atividades ficam por conta das equipes da base, que estão em plena disputa do Campeonato Paulista das categorias Infantil, Juvenil e Júnior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *