Ituano perde para o Brusque e desce na tabela

Pegorari falhou no primeiro gol sofrido pelo Brusque. Goleiro reconheceu erro após o jogo (Foto: Divulgação/Brusque)

No terceiro confronto na história, o Ituano perdeu para o Brusque por 0x2 na tarde do último domingo (30/08), em Brusque/SC. O jogo foi válido pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C, no Grupo B.

Jogando em casa e embalado pela vitória no meio de semana na Copa do Brasil contra o Brasil de Pelotas, o Brusque fez valer o fator casa. Foi melhor na primeira etapa e fez 1×0 com Johnny, em uma lamentável falha do goleiro Pegorari.

Na etapa final o Ituano cresceu em busca do empate, mas acabou sofrendo o segundo gol, marcado por Alex Sandro, e terminou sem forças para reagir. Mesmo assim, um dos melhores em campo foi o goleiro do Brusque, que evitou o pior para sua equipe. Foi o terceiro resultado negativo em quatro jogos pela Série C (o Galo vinha de derrota para o Volta Redonda e empate em casa contra o Londrina).

A derrota teve início em uma falha do goleiro Pegorari. Coisa rara, mas que acontece. Ao final do jogo, o experiente goleiro, que tantas alegrias já deu ao torcedor do Ituano, teve humildade e reconheceu que falhou. Pegorari conta com apoio irrestrito entre companheiros e torcedores.

Ficha Técnica – 30/08

Brusque 2×0 Ituano
Local: Estádio Augusto Bauer – Brusque/SC
Gols: Johnny e Alex Sandro (Brusque)
Arbitragem: André Rodrigo Rocha (TO), Natal da Silva Gomes Júnior (TO) e Fernando Gomes da Silva (TO).
Amarelos: Johnny (Brusque); Serrato, Bruno Mota, Suéliton e Vinícius Bergantin (Ituano).

Escalações:

Brusque: Ruan Carneiro; João Carlos (Edilson), Ianson, Everton Alemão e Aírton; Zé Mateus (Ruan) e Emerson Martins (Guilherme Escuro); Jefferson Renan (Dandan), Thiago Alagoano, Alex Sandro e Johnny (Fabinho). Técnico: Jerson Testoni.

Ituano: Pegorari; Pacheco, Léo Santos, Suéliton e Julinho; Baralhas, Serrato (Gabriel Taliari), Corrêa (Gabriel Barros) e Marquinho (Mateus Criciúma); Eduardo Lopes (Paulinho Dias) e Bruno Mota (Luiz Paulo). Técnico: Vinícius Bergantin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *