Ituanos morrem após grave acidente na Rodovia Archimedes Lammoglia

Uma das vítimas, Dagoberto Menezes era bastante conhecido e querido na cidade/ Foto – Divulgação

Um acidente na altura do Km 25 da Rodovia Archimedes Lammoglia (Rodovia SP-75), sentido Campinas, causou a morte do ator Dagoberto Menezes,de 30 anos, e de Vagner dos Santos Ruas, de 37 anos, ambos da cidade de Itu. A tragédia ocorreu em território ituano por volta das 4h15.

De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, que atendeu a ocorrência, acredita-se que Vagner, conduzindo um GM/Celta, teria invadido a pista contrária, colidindo de maneira frontal contra o Ford/Ka cinza, guiado por Dagoberto.

Ambos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros, sendo encaminhados ao Pronto Socorro do Hospital São Camilo, local em que faleceram em virtude dos graves ferimentos sofridos, uma hora depois do acidente.A faixa da esquerda da rodovia, em que a tragédia aconteceu, ficou interditada por mais de uma hora.

O falecimento de Dagoberto, que era bastante conhecido na cidade de Itu, causou comoção nas redes sociais, com familiares e amigos prestando homenagens ao ator, que também já atuou no município como repórter esportivo em rádio.

Homenagem

Dagoberto fazia parte do Yara Produções Artísticas, atuando em diversos trabalhos. Em homenagem e reconhecimento à sua trajetória, a diretora da companhia, Yara Nápoli, anunciou ao “JP” que, em breve, a sala de ensaios, dança e teatro do grupo, passará a se chamar “Dago Menezes”, contando com uma inauguração na presença de familiares e amigos.

 

Confira abaixo uma carta de despedida a Dagoberto Menezes:

Quando começamos uma produção nova, nós colocamos muita expectativa em cima. Cenário, figurinos, adereços, escolha de atores, bailarinos, diretores. Cada espetáculo é de um jeito, mas em todos eles a gente sabe com quem pode contar. Em todos os espetáculos está Dago Menezes. Está sim, por que ele continua. Na técnica do Mamma Mia, sendo Maurice na Bela e a Fera, o coronel de Terra Desmedida, o grande Agamemnon de Ifigênia em Áulis, o desastrado Natanel de Encantada, o trapaceiro Joaquim na Farsa e o cafajeste Fred Casley de Chicago. O dia do seu stand in chegou! Quem imaginaria? Direção de nenhuma peça se preocupou com substitutos do Dago, porque ele nunca faltava.

Agora ficam suas lembranças, suas gargalhadas, suas trapalhadas. Todo ano temos premiação entre a equipe do nosso grupo de teatro e, esse ano ele levou o troféu Zé Função por ser exatamente tudo aqui que todo mundo gostaria de ser: ativo, empático, alegre, esforçado, enfim: ser um grande ator e também carregar o piano. Você mereceu e continuará merecendo por muito tempo.

Nós usamos uma frase no teatro que diz o seguinte: “Ninguém é insubstituível”. Isso é verdade, é provado inclusive, mas tenham certeza que isso não se aplica fora dos palcos. Nós iremos continuar com as produções, pois temos certeza que é o que ele gostaria, seus personagens serão interpretados por outros atores que terão um fardo muito maior que qualquer outro. Porém um amigo, um irmão, uma parte da nossa família se foi fisicamente e, para esse papel não haverá substituto. Por que você continuará parte integrante e ativa da nossa companhia.

Seu primeiro papel no teatro foi um Bem-Te-Vi. Foi uma apresentação mágica e linda e de lá pra cá ele voou longe, fazendo jus a seu personagem. No ano seguinte já ganhou seu primeiro prêmio como melhor ator do PETI (Projeto Estudantil de Teatro de Itu) com a peça “A Farsa do Mestre Pathelin” que mais tarde se tornou um projeto maior e conseguiu o reconhecimento do público de nossa cidade. Ator, Engenheiro, DJ, Barman, Microfonista, Iluminador, Contrarregras, Carregador, Motorista da rodada (sempre), amigo, filho, irmão, e tantos outros títulos que são muitos.

Dago, você está fazendo muita falta! Mas temos certeza que estará presente em todas as nossas produções. As montagens ficarão silenciosas, as desmontagens mais demoradas, o camarim terá um espaço vazio. As lágrimas cairão com mais facilidade a partir de agora. Os abraços serão mais demorados. Dizem que as pessoas especiais vão embora cedo e neste final de semana confirmamos isso.

Nosso amor por você é eterno, estará para sempre em nossos corações. Muita força a sua família de sangue, Jovita, Francisco, Raul e seus parentes. Nós, sua família artística estamos aqui para o que precisarem. Nosso amor pelo Dago é tão grande quanto seu coração.Nós te amamos Dago. Obrigado por tudo que fez pelo nosso grupo. Vamos honrar teu nome.

Um comentário em “Ituanos morrem após grave acidente na Rodovia Archimedes Lammoglia

  • 16 de maio de 2018 em 11:26
    Permalink

    Achei de uma falta de sensibilidade imensa colocar a homenagem dentro da notícia de falecimento… decepcionado…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *