Mais de 3 mil ituanos vão às urnas para eleição de novos conselheiros tutelares

Daniel Nápoli

Foto – Daniel Nápoli
Milhares de eleitores foram às urnas em Itu para escolher cinco novos conselheiros tutelares

No último domingo (06), foi realizada uma eleição unificada em todo o Brasil, para os Conselhos Tutelares. Em Itu, 14 candidatos concorreram a 5 vagas de titular e uma de suplente (que assume em caso de férias de um dos titulares ou licença médica), para um mandato de quatro anos (2020-202

 No município, existiram dois locais para votação, a EMEF Convenção de Itu, na Vila Gatti e o CRAS Frei Alípio, na região do Pirapitingui. Ao todo, 3.211 eleitores participaram do processo, sendo eleitos para as vagas de titular: Ana Paula de Moura Silva (400 votos),Eliana Gomes dos Santos (378 votos),Eduardo Marcelo de Mattos (291 votos), Mariana Machado Gonçalves (255 votos) e Cláudia Silva (205 votos). A vaga de suplente foi preenchida por Elisabete Mariza Teixeira, que somou 197 votos.

Durante a apuração, iniciada às 18h de domingo e encerrada às 6h da última segunda-feira (07), no Auditório da Prefeitura de Itu, chamou a atenção a quantidade de votos nulos (932). Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Itu (CMDCA), Isis Paloma Carneiro fala sobre o caso. “Em relação ao voto nulo, a gente percebeu um volume muito grande, pois as pessoas perderam o hábito de votar no papel, então tiveram muitos erros, muitos, desde desenhos, até a pessoa colocar o próprio nome riscar, rasurar, a cédula é um documento público, então ela não aceita esse tipo de risco, de rasura”.A presidente, prossegue. “Nós pleiteamos junto a Justiça Eleitoral e ela só fornece urna acima de 200 mil eleitores, então Itu não foi contempladas”.

Embora não se tenha superado o número de eleitores de eleições passadas, Paloma fala da importância das redes sociais e da imprensa para uma conscientização. “Eu achei que esse ano foi bem bacana, a gente conseguiu dar publicidade em relação aos currículos, as fotos dos candidatos, a rede social teve um papel importantíssimo, as pessoas puderam conhecer melhor os candidatos e votar mais consciente, a divulgação da imprensa, foi muito importante para que a sociedade pudesse conhecer melhor o processo, participar e desmistificar tanto a questão de que qualquer pessoa pode entrar no Conselho. A inovação através da informação impactou direto na escolha dos cidadãos”.

Os eleitos

 Ao Periscópio, os recém-eleitos conselheiros falaram sobre o resultado.

“A minha sensação é de muita alegria. Estou satisfeita com o resultado, foram mais de 550 votos, eu tive 400 votos válidos, mais os 150 votos que foram anulados. Eu acho que foi boa a eleição, a população compareceu e o processo foi sério, organizado”, disse a mais votada do pleito, Ana Paula de Moura Silva. “Muita alegria, gratidão a Deus pela vida e por todas as pessoas que incentivaram, ajudaram a conquistar essa eleição. Foi maravilhoso ver o povo ituano exercer a cidadania, onde muitos não tinham conhecimento dessa eleição e sua importância para a sociedade”, diz Eliana Gomes dos Santos.

Eduardo Marcelo de Mattos fala sobre a futura função. “Agora aumenta a responsabilidade, pois tenho que assumir uma das 5 vagas do cargo que representará cada munícipe e fazer cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente. Zelar e fazer cumprir os direitos e deveres de cada criança e adolescente de nossa cidade. Obrigado a todos pela oportunidade.

Mariana Machado Gonçalves também falou sobre sua eleição. “Deixo aqui a minha satisfação para este processo de escolha. Me expresso com intensa alegria em ser reeleita, pois entendo que o voto através da eleição direta  é o reflexo de um excelente trabalho realizado com muito amor e carinho em prol da sociedade”.

Quinta mais votada, Cláudia Silva, comenta. “Meu sentimento pela eleição é de alegria. É a oportunidade de poder zelar pelas crianças e adolescentes, pois o meu desejo é o de fazer o melhor por eles”.

Tendo ficado com a vaga de suplente, Elisabete Mariza Teixeira se pronunciou sobre o pleito. “Expresso meu agradecimento aos amigos e familiares que saíram de suas casas no domingo para participarem de um processo de extrema importância para a nossa cidade no que tange ao direito de crianças e adolescentes vítimas de violações”.

Lembrando que a contagem de votos, foi um resultado preliminar. Após decurso do prazo recursal prevista no edital, serão divulgados oficialmente os eleitos, que deverão tomar posse em janeiro do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *