Médico fala a respeito dos protocolos do Ituano

Alexandre Santoro é médico do Ituano Futebol Clube e vem desenvolvendo um trabalho incansável com toda equipe (Foto: Reprodução/TV Ituano)

Há vários anos respondendo pelo Departamento Médico do Ituano, Dr. Alexandre Santoro falou sobre o atual momento do Ituano em termos de saúde, dando um panorama dos procedimentos rígidos que o clube mantém com seus atletas, comissão técnica e funcionários.

O profissional, que é filho do também médico e que há décadas trabalha junto ao Ituano, Dr. Flávio Santoro, diz que todos os protocolos de segurança e saúde foram tomados pela administração do clube.

“O protocolo de saúde aqui no Ituano foi feito a várias mãos, em conjunto com o Comitê Médico da Federação e ajuda de todos os profissionais médicos do futebol paulista”, diz o médico, destacando que o espaço do Novelli Júnior foi dividido em áreas. “Alguns participantes podem entrar em determinadas áreas e outros não. Para se entrar na região do estádio, a direção fez um investimento importante, com seguranças e auxiliares de enfermagem”.

Alexandre garante que “todo atleta e todo funcionário para entrar no Novelli precisa medir temperatura, responder a um questionário, um questionamento via aplicativo para todos os funcionários tanto aos envolvidos diretamente ao futebol quanto aos da administração e o mais importante não é o protocolo em si, mas o comprometimento que todos, atletas, comissão e administração tem com esse protocolo”, ressalta.

O profissional faz questão de destacar que tanto a equipe que disputou a Série C, quanto a atual, do Paulistão, sempre esteve e está muito solícita e cooperativa com todas as sugestões. Vale destacar também que até mesmo familiares de atletas foram ajudados neste período, para que os jogadores possam se sentir confortáveis para dar o feedback.

Alexandre fala também sobre um importante investimento feito pelo clube que é a  Casa Covid. “Graças a Deus e ao abraçar de todos, tivemos pouquíssimos casos e temos essa casa em que o indivíduo testou positivo, ou começou a apresentar algum sintoma, ele é dirigido para essa casa, fica isolado mas recebendo todo o apoio necessário, tanto na parte física quanto psicológica”.      

Os testes, no Ituano, são realizados toda semana. “Testamos todos os atletas, toda a comissão e até com funcionários da administração [estes por sorteio], para que todos se sintam protegidos, amparados, para que tenham uma tranquilidade maior de trabalho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *