“Merenda em Casa” retorna na rede estadual de ensino

O Governo de SP anunciou na quarta-feira (31/03) que vai retomar o pagamento do programa Merenda em Casa. O benefício é de R$ 55, por aluno, e vai atender 920 mil estudantes matriculados na rede estadual de São Paulo. O valor estará disponível a partir da próxima quarta-feira (07).

Para garantir o pagamento desta nova fase do Merenda em Casa, o governo do estado vai investir, com recursos próprios integrais, o valor de R$ 50,6 milhões, mensalmente. O benefício será pago durante o período em que as aulas presenciais estiverem suspensas.

Importante destacar que as refeições que estão sendo servidas nas escolas estaduais, neste período, continuam disponíveis também aos estudantes contemplados no Merenda em Casa, independente do benefício. Mesmo na fase mais restritiva da pandemia, as escolas estaduais continuam abertas, para que seja servida a merenda escolar, e também para a entrega de materiais e do chip de internet.

Os estudantes beneficiados são de famílias que se encontram em situação de pobreza, e, portanto, estão registradas no Cadastro Único de programas sociais. São classificadas desta forma as famílias que possuem renda familiar per capita de até R$ 178 mensais.

No ano passado, o Governo de SP pagou nove parcelas do subsídio a 720 mil estudantes e, neste ano, incrementou o número de beneficiados com mais 200 alunos da rede, totalizando os 920 anunciados hoje. Assim como no ano passado, o pagamento será feito por meio do aplicativo PicPay, sem cobrança de taxa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *