Museu da Música e Coral Vozes de Itu homenageiam italianos

Foto – Divulgação

Mais um Concerto Histórico de Itu será realizado no próximo sábado (26), às 19h30, na Igreja do Bom Jesus. Desta vez o Museu da Música e o Coral Vozes de Itu homenageiam a comunidade italiana local com repertório resultado de pesquisa sobre a “Presença Italiana na Música em Itu”.

O concerto faz parte da celebração do centenário de fundação do Círculo Ítalo-brasileiro Dante Alighieri e integra a Jornada do Patrimônio Cultural do Estado de São Paulo. É também uma parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e do Patrimônio de Itu, Instituto Cultural de Itu e Biblioteca Histórica da Igreja do Bom Jesus.

A influência da cultura italiana entre os músicos ituanos do século XIX foi marcante. Essa é a primeira abordagem do concerto que será realizado na capela Santuário do Apostolado da Oração, dentro da Igreja do Bom Jesus, construída e decorada por italianos. A segunda parte do concerto aborda compositores italianos que viveram em Itu e aqueles cuja obra foi significativa na música sacra local.

O concerto foi preparado a partir de pesquisa no acervo do Museu da Música – Itu e na participação de famílias italianas como cantores e músicos nas Igrejas Matriz de Nossa Senhora Candelária, do Bom Jesus e no antigo Colégio São Luís (atualmente Quartel do Exército).

Itu é uma das mais antigas cidades paulistas e conta com tradição musical de mais de três séculos. Desde 2007 a cidade conta com um museu específico para preservação deste importante acervo. No dia 26 o Museu da Música estará aberto das 13h às 17h, com visita monitorada e gratuita.

O concerto tem previsão de 50 minutos de duração. Participa um grupo de cantores do Coral Vozes de Itu sob a direção dos regentes Paulo Zeppini e Luís Roberto de Francisco.

Desde janeiro deste ano a Associação Cultural Vozes de Itu e o Museu da Música se uniram à Secretaria de Cultura para realizar concertos históricos que contam, além do repertório tradicional da cidade, com narrativa que contextualiza as composições. A entrada é franca. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *