Níveis dos rios e córregos em Salto podem aumentar nas próximas horas

Defesa Civil está acompanhando a subida do nível do Tietê (Foto: Divulgação)

Segundo boletim da Defesa Civil de Salto enviado à imprensa às 17h desta segunda-feira (10), a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE) emitiu um alerta que as comportas Rio Tietê acima foram abertas e o volume de água que a cidade recebe aumentará consideravelmente.

Esse volume pode levar até 30 horas para chegar ao município. A Defesa Civil reforça o alerta quanto aos pontos de interdição e áreas de isolamento. Moradores de áreas de risco estão sendo orientados. Qualquer intercorrência, o munícipe deve entrar em contato imediato com a Defesa Civil através do 199.

Até o momento, foram registrados sete pontos de alagamentos: Henrique Viscardi, 24 de Outubro, Jd. Tropical (Ilha dos Amores) – Complexo da Cachoeira, Avenida Castro Alves, Via Lázio – João Jabour, ETA João Jabour e Parque das Lavras. Durante os atendimentos da Defesa Civil foram registradas seis quedas de árvores.

Quatro famílias tiveram as casas invadidas pelas águas no João Jabour e na Avenida Castro Alves – margem do Rio Tietê. Os munícipes foram para casa de parentes; uma família com cinco pessoas está abrigada no Ginásio Municipal e recebeu colchões e ajuda humanitária.

Durante o atendimento houve registro da queda de parte do muro de contenção do Córrego do Ajudante, próximo à Rodoviária. O abastecimento da Região Noroeste já foi restabelecido. De acordo com a Prefeitura, o volume de chuvas registrado nas últimas horas foi de 5 mm. O volume do Rio Tietê no momento é de 990 m3. O Rio Jundiaí também registra aumento na vazão com 15 0m3.

Abastecimento de água
O SAAE de Salto informou que a ETA João Jabour foi paralisada devido à entrada de água dentro da ETA e o abastecimento está suspenso em toda a região até o conserto das instalações. As equipes do SAAE foram ao local para avaliar cada equipamento. Havendo necessidade, ligue para (11) 4602-6370.

Moradores dos bairros Vila Martins, São João, condomínios Haras São Luiz, moradas São Luiz, Picolo Passe, vila dos Eucaliptos, Zuleika Jabour, Jardim Santa Rita, Jardim João Jabour,  residencial Piccolino, São  Judas, Nova Era, Bom Retiro, Santa Edwiges, São Gabriel, residencial Delegá, Residencial Alvorada, terras de Santa Isabel, Buru, condomínio Portal dos Bandeirantes, Jardim União devem economizar água o máximo possível até que a situação se normalize.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *