Itu apresenta crescimento nas queixas e acessos de banda larga durante pandemia da Covid-19

Foto: Divulgação

A crise da Covid-19 está impactando o cenário da saúde no país, mas também outros setores como o mercado de telefonia, internet e TV por assinatura, mais conhecido como setor das telecomunicações.

Nesse novo cenário, estamos à espera de que nossos filhos possam voltar às escolas, e até mesmo nós possamos voltar à normalidade indo para os escritórios. Tudo isto está forçando a utilização da rede com a qual nos conectamos para assistir a plataforma de streaming ou para fazer reuniões em videochamadas. Apesar de que a Agência Nacional de Telecomunicações comunicou a criação de um comitê para medir o correto funcionamento das estruturas de telecom no país, essa não está sendo a realidade de muitos brasileiros, concretamente dos ituanos.

Segundo o estudo realizado pelo site Podecomparar, houve um crescimento gradativo nas reclamações em 2020. Em fevereiro foram registradas 44 queixas e em março o número foi para 71 solicitações de reclamações. Março e abril foram meses especialmente importantes para entender os resultados do estudo, devido que foi justo o período da comunicação do isolamento e distanciamento sociais.

De fato, em abril, o número de reclamações subiu para 86 ocorrências registradas, quase o dobro que o resultado obtido no segundo mês do ano. Embora tenha sido um pouco mais discreto, o número de assinantes também cresceu em Itu, chegando a um crescimento mensal (de fevereiro para março) de 0,7%.

Nesse entorno de incertezas, a agência reguladora brasileira comunicou a criação de mais medidas para manter o Brasil conectado e evitar, ao máximo, o impacto dos acessos à rede, especialmente naquelas estruturas que depende a tecnologia banda larga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *