Obras de Almeida Júnior são transformadas em bonecos de crochê

Estão à venda na loja da Pinacoteca de São Paulo dois bonecos de crochê inspirados em obras que fazem parte de seu acervo. Com cerca de 21 cm de altura e 11 cm de largura, os bonecos custam R$ 150 cada e foram inspiradas nas obras “Saudade” e “Caipira Picando Fumo”, do artista ituano Almeida Júnior. Os bonecos foram feitos especialmente para a Pinacoteca.

Homenageando a obra “Saudade”, foi confeccionada uma boneca com vestes simples, o detalhe fica para uma única lágrima solitária feita no lado direito da face da boneca. Já o “Caipira Picando Fumo” é homenageado por um boneco com um bigodinho simpático e artefatos na mão para confeccionar seu fumo.

José Ferraz de Almeida Júnior nasceu em Itu, em 1850, e faleceu em Piracicaba, em 1899. É considerado um dos maiores artistas nacionais por retratar a cultura caipira. Inclusive, o dia do artista plástico é comemorado em 8 de maio em homenagem a Almeida Júnior, que nasceu nessa mesma data.

Ao longo de sua carreira, Almeida Júnior praticou diversos tipos de pintura. No início, dedicava-se a temas religiosos e históricos, mas no fim de sua vida voltou-se ao tema do regionalismo, conquistando, com isso, seu lugar na história da arte brasileira.

Seus principais trabalhos desta última fase são “Caipira Picando Fumo” (1893), “Amolação Interrompida” (1894) e “O Violeiro” (1899), nas quais ele se aproxima do dia a dia do homem do interior e da temática naturalista, mantendo-se distante das fórmulas generalistas da pintura acadêmica. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *