Ofício de prefeito diz que vereador de Salto tentou “estragar” festa de Itu

No último dia 1º de fevereiro, o prefeito Guilherme Gazzola enviou um ofício à Câmara de Vereadores de Salto, cidade vizinha, alegando que o vereador saltense Márcio Conrado tentava “estragar” a festa dos 408 anos do município ituano, data celebrada em 2 de fevereiro.

No documento, o prefeito ituano informa que Conrado “tem sido um dos responsáveis pela organização de um ato público contra a cidade de Itu”. O ofício ainda traz “prints” de mensagens de Conrado em um grupo no WhatsApp chamado “Manifesta Itu”, em que o vereador teria instruído os participantes de como realizar uma manifestação dentro da lei.

“A atitude do vereador mostra seu despreparo para o cargo e sua falta de ética”, aponta ainda o documento. Conrado, por sua vez, fez uso da palavra na sessão desta semana em Salto e também nas redes sociais. “Não tenho nada contra o prefeito de Itu ou contra a sua administração, mas as pessoas têm o direito de se expressar”, disse no plenário, informando também que recebeu uma ligação de Gazzola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *