Operação Carne Fraca teve mandados em Porto Feliz

Na manhã da ultima segunda-feira (5), durante a terceira fase da Operação Carne Fraca, quatro pessoas – sendo duas de Porto Feliz – foram presas na região de Sorocaba. A nova fase, batizada de Operação Trapaça, cumpre um total de 91 ordens judiciais nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás, Paraná e Santa Catarina.

Em Porto Feliz, onde os nomes não foram divulgados, foram cumpridos os mandados de busca e apreensão e de prisão temporária. Já em Sorocaba foram mandados de busca e apreensão e condução coercitiva.

Dentre outros crimes, os investigados poderão responder por de falsidade documental, estelionato qualificado e formação de quadrilha ou bando, além de crimes contra a saúde pública.

O alvo da operação, segundo as primeiras informações, seria o Grupo BRF, gigante no setor de carnes e processados, empresa criada em 2009, a partir da fusão da Sadia e Perdigão. Marcas como Qualy, Batavo e Elege fazem parte do grupo.

No Estado de São Paulo, a Polícia Federal cumpriu mandados, além de Sorocaba e Porto Feliz, em Piracicaba, Santana de Parnaíba e Vinhedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *