Plaza Shopping realiza exposição fotográfica “Às Margens do Tietê”

Exposição exclusiva está montada em frente à Loja Centauro (Foto: Divulgação)

O Plaza Shopping Itu faz uma homenagem ao Rio Tietê – cujo dia é comemorado em 22 de setembro – com a exposição fotográfica “Às Margens do Tietê”, assinada por Sérgio Reoli. As imagens apresentam a biodiversidade das beiradas do rio mais famoso do Estado de São Paulo e os registros foram feitos em estradas, parques e fazendas ao longo de três anos na região de Itu. A exposição exclusiva, que está montada em frente à Loja Centauro, ficará até o dia 18 deste mês.

As imagens de Reoli mostram parte da beleza oculta e a natureza exuberante que acompanha todo o leito do rio enquanto passa pela região, apesar dos complexos problemas ambientais que atualmente existem. Com cerca de 100 imagens digitais distribuídas entre diversas espécies, a exposição apresenta parte da biodiversidade residente às margens do rio, que percorre mais de 1,1 mil quilômetros.

Maior envolvimento

Para que o público possa conhecer mais da fauna do Estado, o Plaza Shopping Itu também disponibilizou desenhos para colorir de parte das 480 espécies de aves registradas no Estado de São Paulo, envolvendo os visitantes.

Crianças e adultos podem conhecer mais sobre a riqueza natural da região e os desenhos podem ser baixados no Facebook do shopping ou retirá-los já impressos no Atendimento ao Cliente. Depois de colorido, o desenho pode ser fotografado e postado com a hashtg #riotietenoPlaza.

E quem quiser pode ter acesso ao catálogo completo de fotos da exposição “Às Margens do Tietê” no site: www.plazashoppingitu.com.br.

O Plaza Shopping Itu ainda incentiva um movimento para preservação do Rio Tietê. Quem quiser fazer parte desse movimento basta enviar um e-mail para contato@plazashoppingitu.com.br.

Sobre o Rio Tietê

O Rio Tietê atravessa o Estado de São Paulo de leste a oeste e conta com mais de 1,1 mil quilômetros de extensão. Além disso, marca a geografia urbana da maior cidade do País, a capital paulista. Ele nasce em Salesópolis, na Serra do Mar, e corre para o interior de São Paulo, ao contrário da maioria dos rios, o que o caracteriza como um rio com drenagem endorreica, característica que o tornou um importante instrumento de colonização no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *