Produtora cultural cria grupo “Economia do Bem” durante quarentena

Por Nayara Palmieri

A produtora cultural e psicanalista Sabrina Souli criou o grupo “Economia do Bem” no aplicativo de mensagens WhatsApp. A produtora teve como influência um grupo do sul de Minas Gerais, criado pelo músico terapeuta Thyagi Ryan. O objetivo do grupo é dar apoio e fazer com que as pessoas comprem de pequenos negócios, durante esse tempo de crise devido à pandemia do novo coronavírus.

“Por trás de cada negócio existe uma história, uma experiência, uma necessidade e, principalmente, um talento. E é isso que precisamos valorizar não só em momentos de crise, mas para que isso se torne algo habitual no nosso dia a dia e na nossa relação com o consumo”, diz Sabrina.

Em época de crise como a que estamos passando no momento, os mais afetados economicamente são os pequenos e médios produtores, por isso é importante ter uma rede que apoie esses comércios. A rede colaborativa também ativa a economia de uma cidade. “Acredito que este cenário que estamos vivendo trará novas formas de relação com o todo, então nada mais lógico que criarmos a nossa própria forma de circular a economia criativa dentro da nossa cidade tanto para nós como para fomentar o nosso turismo”, diz.

Sabrina conta que 70% do consumo de sua família vem desses produtores. Eles estão presentes no seu café da manhã, no seu prato de saladas e, inclusive, na sua decoração. “O grupo, sem dúvidas, será mantido após a quarentena. O que precisamos agora é divulgar este espaço e, claro, consumir dos nossos produtores”, finaliza.

Para participar do grupo é só entrar pelo link bit.ly/economiadobem e apresentar seu negócio de forma humana. É importante também oferecer descontos para membros do grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *