Rita Passos deixa cargo no Governo Bolsonaro para se dedicar às eleições

Rita Passos e o presidente Jair Bolsonaro durante evento em setembro passado
Foto: Reprodução/Redes sociais

A ex-deputada estadual Rita Passos (PSD) deixou o governo do presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (22). Sua exoneração foi publicada no Diário Oficial da União. Ela ocupava o cargo de secretária nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania.

DOU publicou exoneração

Segundo Rita, seu prazo de permanência na pasta já havia sido acordado com o ministro Osmar Terra (MDB-RS). “Eu havia acertado com o ministro desde que fui convidada para participar do governo que ficaria até dezembro devido ao projeto político que tenho na cidade”, disse a ex-deputada ao JP, via assessoria.

Rita Passos foi convidada para assumir a secretaria nacional em janeiro do ano passado, sendo nomeada oficialmente na metade de 2019. Agora sem as atribuições no ministério, a ex-secretária irá se dedicar às eleições municipais, já que é pré-candidata a prefeita de Itu – cargo que ela disputou no ano de 2016, obtendo 16.007 votos.

Ex-secretário de Desenvolvimento Social do Distrito Federal, Eduardo Zaratz assumirá o cargo deixado por Rita. Servidor de carreira do Ministério Público da União (MPU), Zaratz atuou no governo do Distrito Federal por indicação da deputada Flávia Arruda (PL-DF).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *