Se eleição dependesse apenas de Itu, Jair Bolsonaro seria eleito já no 1º turno

Haddad votou na capital paulista. Ele obteve mais de 31 milhões de votos/ Foto – Ricardo Stuckert |  Bolsonaro votou no Rio de Janeiro. Ele obteve mais de 49 milhões de votos/ Foto – Reprodução/TV Globo

O primeiro turno das eleições, ocorrido no último domingo (07), apontou segundo turno entre os candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). O primeiro obteve 49.275.358 votos (46,03%) em todo o Brasil, contra 31.341.839 votos (29,28%) do segundo. Porém, se o pleito dependesse apenas dos votos de Itu, a eleição já estaria definida.

Bolsonaro teve em nosso município 53.893 votos, o que corresponde a 62,35% de todo o eleitorado – para ser eleito em primeiro turno, um candidato deve obter 50% dos votos mais um voto. Haddad, por sua vez, ficou com apenas 10,87% da preferência local (9.396 votos). Geraldo Alckmin (PSDB) ficou em 3º na cidade, com 7.811 votos (9,04%), e Ciro Gomes (PDT) aparece em 4º, com 7.634 votos (8,83%).

Entre os governadores, haveria segundo turno, mas a configuração seria diferente. João Doria (PSDB) – que obteve em todo o Estado 6.431.555 votos (31,77%) – teve em Itu 31.090 votos (41,66%) e disputaria a cadeira no Palácio dos Bandeirantes com Paulo Skaf (MDB), que na cidade obteve 17.554 votos (23,52%) – no total, foram 4.269.865 votos (21,09%). Porém, Márcio França (PSB) se saiu melhor em São Paulo inteiro – com 4.358.998 votos (21,53%) – e será o adversário do tucano na realidade. No município, o atual governador teve apenas 9.469 votos (12,69%).

Para o Senado, surpresa: Eduardo Suplicy (PT), que era o líder de todas as pesquisas, acabou ficando em terceiro, com 4.667.565 votos (13,32%) – 11.621 votos (9,10%) em Itu. Os eleitos são Major Olímpio (PSL), com 9.039.717 votos (25,81%), e Mara Gabrilli (PSDB), com 6.513.282 votos (18,59%). Em Itu, o candidato de Bolsonaro teve 40.033 votos (31,33%), enquanto Mara recebeu 23.953 votos (18,75%).

 

Deputados em Itu

Para deputado federal, Itu agora conta com apenas um representante: Herculano Passos (MDB), que teve votação inferior a obtida em 2014, mas conseguiu ser reeleito pelo quociente eleitoral. O ex-prefeito obteve 8.262 votos (10,55%) em Itu – no geral, ele conquistou 49.653 votos (0,24%). Já o Missionário José Olímpio (DEM), que teve votação superior a de Herculano, não foi reeleito – teve 83.400 votos ao todo, sendo 3.685 somente em Itu.

No pleito para deputado estadual, Rita Passos (PSD) não conseguiu se reeleger. Ela teve 54.341 votos em todo o Estado (0,26%), sendo 10.876 votos em Itu (13,98%), e ficou de fora. Rodrigo Moraes, por sua vez, entrou com 75.845 votos (0,36%) – 3.914 obtidos em Itu (5,03%). A grande surpresa foi Mônica Seixas (PSOL), da “Bancada Ativista”, que foi a 10ª mais votada em São Paulo.

A ativista computou 149.844 votos (0,72%) – 2.195 (2,82%) na cidade – e fará gestão compartilhada com mais oito codeputados. É a primeira vez que uma candidatura coletiva vence as eleições em um grande colégio eleitoral, após experiência similar obter sucesso elegendo cinco covereadores em Alto Paraíso de Goiás/GO em 2016.

 

Votos na cidade

Além dos deputados eleitos, a cidade contou com outros candidatos locais. O ex-vice-prefeito Neto Beluci (PRB), que tentou uma cadeira na Câmara dos Deputados, teve 7.664 votos, Dr. Renato Koga (PSB) conquistou 3.191 votos, Ikaros Júnior (SD), 2.162, e Debora Librelon (Avante) teve apenas 325 votos.

Para a Assembleia Legislativa foram mais concorrentes. Eduardo Ortiz (Novo) fez 9.833 votos, Marcos Moraes (PSL) somou 7.071, Kayque Verginio (Podemos) conquistou 5.774 e Thiago Gonçales (PR) obteve 3.125. E ainda: Nancy Silveira (Rede) com 517, Tiago Wisky (PMB) com 222 e Evelyn Cavalcante (PCdoB) com 106 votos.

 

 

Os 10 candidatos a deputado estadual mais bem votados em Itu:

Janaina Paschoal (PSL) – 11.037 votos – eleita

Rita Passos (PSD) – 10.876 votos

Eduardo Ortiz (NOVO) – 5.573 votos

Rodrigo Moraes (DEM) – 3.914 votos – reeleito

Marcos Moraes (PSL) – 3.842 votos

Jorge Wilson Xerife Consumidor (PRB) – 3.079 votos – reeleito

Thiago Gonçales “Adautinho” (PR) – 2.929 votos

Monica ca Bancada Ativista (PSOL) – 2.195 votos – eleita

Arthur Mamãe Falei (DEM) – 1.984 votos – eleito

Rogério Nogueira (DEM) – 1.512 votos – reeleito

 

Os 10 candidatos a deputado federal mais bem votados em Itu:

Eduardo Bolsonaro (PSL) – 9.842 votos – reeleito

Herculano Passos (MDB) – 8.262 votos – reeleito

Neto Beluci (PRB) – 6.032 votos

Joice Hasselmann (PSL) – 5.467 votos – eleita

Missionário José Olimpio (DEM) – 3.685 votos

Kim Kataguiri (DEM) – 2.186 votos – eleito

Vinicius Poit (NOVO) – 2.000 votos – eleito

Celso Russomanno (PRB) – 1.731 votos – reeleito

Dr. Renato Koga (PSB) – 1.596 votos

Ikaros Junior (SD) – 1.527 votos

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *