Sinal Verde: Verstappen é campeão mundial

Neste domingo (12), em uma temporada emocionante, Max Verstappen se sagrou campeão mundial de Fórmula 1, ao vencer o GP de Abu Dhabi.

Largando da pole position, o piloto da Red Bull foi ultrapassado logo na largada por Lewis Hamilton, da Mercedes, que liderou sem problemas boa parte da prova, até que em dois momentos cruciais, o safety-car se fez presente, possibilitando que Verstappen fizesse a troca de pneus e ficasse com compostos inteiros contra os muito desgastados do rival direto na luta pelo título.

O último safety-car, foi bastante polêmico, uma vez que ocorreu faltando quatro voltas para o final, com o carro de segurança trafegando mais lento do que o normal, propiciando uma relargada na última volta, com Verstappen ultrapassando Hamilton que até então estava ficando com a taça. O heptacampeão mundial bem que tentou segurar o holandês, mas com pneus com 22 voltas a mais, não foi possível.

Verstappen é o 34º piloto na história da categoria a ser campeão mundial (Foto: Lars Baron/Getty Images)

Verstappen foi campeão, mas Hamilton saiu ainda mais gigante desta temporada. Com um carro inferior ao de Max, conseguiu levar a decisão do título até o último instante, enquanto o holandês muitas vezes tentou levar a melhor com manobras polêmicas na pista e pressão nos bastidores.

Certamente ambos estão na história. Falando em história, a Mercedes faturou em Abu Dhabi o octacampeonato mundial de construtores, igualando a McLaren como terceira equipe com mais títulos.

A Fórmula 1 retorna em março, com a abertura da temporada 2022, que promete ser muito emocionante também, com mudanças de regulamento. A coluna, segue até com atualizações sobre os bastidores. Vamos em frente!