Sinal Verde: Vitória de Max Verstappen

Neste domingo (09), o holandês Max Verstappen venceu o GP dos 70 anos da Fórmula 1, em um dia de ótima estratégia da equipe Red Bull.

Largando da quarta posição, logo na largada, Verstappen ultrapassou Nico Hülkenberg, da Racing Point, e ficou somente atrás das Mercedes de Vallteri Bottas (FIN) e Lewis Hamilton (ING).

Na parada para troca de pneus, em uma ótima estratégia, a Red Bull foi mais feliz, enquanto Hamilton foi o que mais sofreu, ficando mais tempo na pista com os pneus desgastados.

Vitória de Verstappen lhe rendeu a vice-liderança da temporada (Foto: Bryn Lennon/Getty Images)

Após parar de maneira tardia, o hexacampeão mundial acabou caindo para a quarta posição, faltando oito voltas para o final.

Porém, dando “voltas de classificação”, Lewis ultrapassou o ferrarista Charles Leclerc (MON) e seu companheiro de equipe Bottas, para ficar com a segunda posição e assim garantir mais um recorde na Fórmula 1, ao igualar Michael Schumacher, como o piloto com mais pódios na história da categoria (155).

Já para Verstappen, além da vitória em si, o resultado lhe fez subir para a vice-liderança da temporada 2020, somando 76 pontos, contra 107 do líder Hamilton. Em terceiro, agora está Bottas, com 73 pontos.

No Mundial de Construtores, a liderança segue absoluta com a Mercedes, que soma 180 pontos, contra 113 da Red Bull. Em terceiro, está a Ferrari que possui 55 pontos.

Falando em Ferrari, o time italiano vai tentando escalar o grid, porém com Leclerc, já que o tetracampeão Sebastian Vettel (ALE), segue em crise com atuações bem abaixo das últimas temporadas, além de contar com um carro bastante limitado.

A temporada 2020 da Fórmula 1 retorna no próximo domingo (16), com o GP da Espanha, a sexta etapa da categoria neste ano.Foto – Bryn Lennon/Getty Images