Sinal Verde: Vitória épica de Hamilton!

Genial. Assim pode ser descrita a vitória de Lewis Hamilton (ING) neste domingo (02), no GP da Inglaterra de Fórmula 1, pela quarta etapa da temporada 2020.

Até a última volta, o hexacampeão mundial caminhava para mais uma vitória tranquila, quando o pneu dianteiro esquerdo desgastados de sua Mercedes, estourou, fazendo com que Lewis levasse o carro na ponta dos dedos, administrando com maestria a vantagem para Max Verstappen (HOL), da Red Bull, que herdara a posição do finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), que duas voltas antes,  teve o pneu dianteiro esquerdo estourado também, terminando fora da zona de pontuação.

Piloto lidera a temporada 2020, com 88 pontos (Foto: Will Oliver/AFP)

A vitória foi a 87ª de Hamilton na categoria, se aproximando do recorde de 91 triunfos de Michael Schumacher (ALE) e de quebra fez com que o inglês disparasse na liderança do mundial de 2020.

Com a toda a emoção das últimas voltas da prova, quem se deu bem foi Charles Leclerc (MON), da Ferrari que subiu ao pódio, chegando na terceira colocação. Outro que acabou se dando bem, foi Daniel Ricciardo (AUS), da Renault, que terminou na quarta colocação, após Carlos Sainz (ESP) ter um dos pneus de sua McLaren estourado.

Aliás, a corrida atípica, teve início antes mesmo de seu início, com o alemão Nico Hülkemberg, da Racing Point não conseguiu alinhar no grid para disputar a prova, uma vez que seu carro apresentou problemas hidráulicos.

Com isso, o piloto que não disputava uma prova da categoria desde o final do ano passado e chegou a Silverstone às pressas para substituiu o titular Sergio Pérez, diagnosticado com Covid-19, assistiu dos boxes o GP.

Após a quarta etapa da temporada 2020, a liderança do mundial de pilotos é de Lewis Hamilton (ING),que soma 88 pontos, contra 58 do vice-líder Valtteri Bottas (FIN). A terceira colocação é de Max Verstappen (51 pontos).

Já no mundial de construtores, a ponta segue com a Mercedes (ALE), com 146 pontos, seguida por Red Bull (AUT), que soma 77 pontos e McLaren (ING), com 51 pontos.

A temporada 2020 retorna no próximo domingo (09), com o GP dos 70 anos da Fórmula 1, que também será disputado em Silverstone, na Inglaterra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *