Sinal Verde: vitória histórica de Hamilton!

No último domingo (18), o amante da Fórmula 1, ao assistir o GP da Inglaterra, pôde acompanhar uma corrida histórica vencida por Lewis Hamilton, em mais um embate do heptacampeão contra o líder da temporada 2021, Max Verstappen.

Após vencer a corrida sprint de sábado, Verstappen conquistou o direto de largar na pole position no domingo. Porém, logo na primeira volta, o que se viu foi Hamilton “babando” com sua Mercedes, perseguindo o piloto holandês da Red Bull.

Ambos chegaram a ficar lado a lado, quase se tocando, nas duas primeiras curvas. Na terceira, Hamilton ultrapassou Verstappen, porém este ainda partiu para cima, na tentativa de retomar a ponta.

Quando dois pilotos talentosos e que não estão brigando “simplesmente” pela vitória de um GP, mas sim pelo campeonato, não estão a fim de aliviar, a chance de uma colisão só aumenta e foi justamente o que aconteceu.

Inglês segue firme na luta pelo título da temporada 2021 (Foto: Michael Regan/Getty Images)

Hamilton, que já havia pulado para a liderança, manteve sua trajetória e Verstappen, que partia para cima, se chocou contra a Mercedes do heptacampeão. Com o impacto, o holandês foi para fora da pista, se chocando contra a proteção de pneus.

A manobra foi polêmica, com muitos apontando Hamilton como culpado e outros, Verstappen. Acredito que ninguém teve culpa no acidente. Foi incidente de corrida. Dois pilotos que disputam o título e brigavam pela ponta da prova. Acontece.

Mesmo assim, os comissários de prova entenderam que Hamilton deveria ser penalizado, o que lhe rendeu uma punição de 10 segundos nos boxes. Com punição e tudo, o inglês, que corria em casa, venceu pela 99ª vez na categoria máxima do automobilismo mundial e viu a diferença de 32 pontos para Verstappen cair para sete. O pódio foi completado por Charles Leclerc (Ferrari) e Valtteri Bottas (Mercedes).

A temporada 2021 da Fórmula 1 retorna no dia 1º de agosto com o GP da Hungria, no circuito de Hungaroring. Vamos em frente!