Unimed Salto/Itu inicia as obras de seu novo hospital

Projeção ilustrada de como será o novo hospital (Foto: Divulgação/Unimed)

Em maio a Unimed Salto/Itu inicia, oficialmente, as obras do seu novo hospital. Quem passa pela Rodovia da Convenção, que liga as duas cidades, já pode ver a movimentação inicial de trabalhadores e máquinas, com a montagem do canteiro de obras e a realização das sondagens e da fundação. 

O início oficial das obras será no dia 13 de maio, e todos os trabalhadores da construtora estão seguindo as normas de segurança e especialmente de prevenção preconizadas pelo Ministério da Saúde, com o uso de EPI’s (equipamento de proteção individual) e monitoramento de eventuais sintomas.

Com investimento de aproximadamente R$ 100 milhões, o novo hospital, de alta complexidade, terá 26 mil m² de área construída, em localização privilegiada, de fácil acesso para os habitantes tanto de Salto quanto de Itu. O hospital terá 110 leitos na primeira fase, com capacidade de expansão para até 200 leitos.

Inicialmente serão 70 leitos de internação, 20 leitos de UTI adulto, dez leitos de UTI neonatal e dez leitos de Hospital Dia – para procedimentos de menor complexidade, quando o paciente permanece na unidade por um período máximo de 12 horas. Serão nove salas cirúrgicas, sendo duas para cirurgias ambulatoriais e uma sala híbrida. 

A estrutura contará ainda com Pronto Atendimento Adulto, com seis consultórios, 14 leitos de observação e oito poltronas de medicação; e Pronto Atendimento Infantil com três consultórios, sete leitos de observação e seis poltronas de medicação. A emergência também terá os atendimentos adulto e infantil separados, sendo dois leitos para cada.

Referência na região

Com o novo hospital, a oferta de leitos aumentará 104%, atendendo à demanda crescente da região. “Nosso novo hospital será referência na região. A maior oferta de leitos poderá beneficiar mais de 15 cidades no entorno de até 50 km onde o hospital será instalado”, comenta o diretor-presidente da cooperativa, Dr. Arnaldo Passafini Neto.

A expectativa é que o novo hospital crie cerca de 200 novos postos de trabalho na assistência, em sua fase inicial, a depender da demanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *