Verbas terminam e obras de restauro da Igreja Matriz de Itu devem ser paralisadas

Foto – Daniel Nápoli/
Iniciada em 2013 em diferentes etapas, obras devem sofrer uma pausa por falta de recursos

As obras de restauro da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária, que chegaram a ganhar destaque nacional, deverão sofrer uma paralisação em breve.

Considerada o maior monumento barroco do Estado de São Paulo, a Matriz de Itu, erguida no ano de 1780, teve a viabilização do restauro feita em parceria entre a Prefeitura de Itu, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Arquidiocese de Jundiaí e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ao todo, o aporte financeiro foi de R$ 6,8 milhões, sendo metade dos recursos municipais.

 

Leia mais na edição impressa deste sábado!

Um comentário em “Verbas terminam e obras de restauro da Igreja Matriz de Itu devem ser paralisadas

  • 10 de março de 2018 em 17:33
    Permalink

    Quase 7 milhoes de reais. Nao foi o suficiente para terminar o restauro. Nao e possivel. Nenhum dos poderes se manifestam.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *