Vereador José Galvão, do DEM, anuncia rompimento com o governo municipal

Galvão disse que não fará uma oposição do ‘quanto pior, melhor’/ Foto – André Roedel

O vereador José Galvão (DEM), anunciou, em uma coletiva de imprensa realizada na última quarta-feira (31/10) na Câmara Municipal, seu rompimento com o atual governo municipal. A decisão, segundo ele, foi tomada por conta dos rumos tomados pela administração encabeçada pelo prefeito Guilherme Gazzola (PTB).

De acordo com o vereador, o prefeito ainda tomou medidas arbitrárias, como o “Projeto das Fachadas”, que deverá ser votado em novembro. Ele já antecipou que será contrário. “Esse projeto até é positivo, mas a forma como foi feito, como foi conduzido pelo Executivo municipal fez com que esse projeto ficasse viciado”, declarou. “É um projeto que falta legitimidade, é um projeto autoritário”.

Galvão também elencou uma série de atitudes da Prefeitura que considera equivocadas, principalmente nas áreas da saúde e empregabilidade. O vereador disse ainda que não será oposição do “quanto pior, melhor” e que votará a favor dos projetos que forem importantes para a cidade.

“Desejo sorte ao Executivo. Não farei aqui na Câmara uma oposição do ‘quanto pior, melhor’ jamais, porque eu amo a minha cidade. Eu sou ituano, eu quero o bem da minha cidade”, disse Galvão em seu pronunciamento. Questionado sobre como fica a relação dos deputados José Olímpio (federal) e Rodrigo Moraes (estadual), ambos do DEM, ele declarou que consultou o grupo.

“Eu sou uma pessoa de grupo. Jamais eu vou tomar uma decisão unilateral. Então eu evidentemente comuniquei os deputados, eles sabem, inclusive, que já vem um tempo que eu não estava feliz com a minha atuação na situação do governo pelo andamento do atual Executivo”, ponderou o edil. “Eles, como deputados, com certeza continuarão trabalhando pela cidade”.

José Galvão se junta à Maria do Carmo Piunti (PSC) na oposição da Câmara. Ambos, inclusive, foram eleitos em 2016 na mesma coligação, que tinha Oswaldo Sonsini como candidato a prefeito de Itu pelo PSDB. Ao longo da legislatura, apenas Maria do Carmo e o ex-vereador Reginaldo Carlota fizeram oposição ao governo Gazzola. Segundo informações, o prefeito não irá fazer declarações sobre o anúncio de Galvão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *