Vitória devolve tranquilidade ao Ituano

Paulinho Dias foi o capitão e comandou o meio campo. Ainda fez o gol que abriu a vitória (Foto: Miguel Schincariol/Divulgação)

Abrindo a 11ª rodada da Série C, a segunda do returno, o Ituano recebeu na quinta-feira (15) o Volta Redonda no Novelli Júnior e venceu por 2×0. Foi a primeira vitória do Galo Guerreiro jogando em seus domínios.

A diferença técnica entre os times, mesmo com o Ituano tendo desfalque de Corrêa, Léo Santos e Pacheco, ficou clara desde o início do jogo. Para se ter uma ideia, na primeira etapa, o Ituano finalizou cinco vezes e o Volta Redonda, a rigor, nenhuma.

 O primeiro gol do Ituano aconteceu aos 43 minutos do primeiro tempo, quando Paulinho Dias, cobrando penalidade sofrida por Gabriel Taliari, venceu o goleiro Douglas. Guilherme acabou entrando ainda na primeira etapa e, com uma excelente atuação, foi o nome do jogo.

 Na etapa complementar, o Galo seguiu melhor em campo e teve chances de aumentar o marcador. O Volta limitava-se a fechar o setor defensivo. Aos 25 minutos, Pedrinho foi expulso e, com um a menos, o Voltaço partiu para o chamado tudo ou nada e foi para o ataque, levando perigo para o sempre seguro Pegorari.

O Ituano fechou-se bem e buscava um contra golpe. O jogo ficou tenso. Na marca dos 49 minutos, com um golaço de Kadu, que pegou um chute de rara felicidade, o Galo liquidou de vez a sorte da partida.

Ficha Técnica

Ituano 2×0 Volta Redonda – 15/10

Local: Estádio Novelli Júnior – Itu/SP

Gols: Paulinho Dias e Kadu 

Arbitragem: Breno Vieira de Souza/GO, Cristian Passos Sorence/GO e Paulo César Ferreira de Almeida/GO.

Amarelos: Breno Lopes (Ituano); Emerson e Luan (Volta Redonda)

Vermelho: Pedrinho (Volta Redonda)

Escalação

Ituano: Pegorari; Léo Duarte, Mateus, Sueliton e Breno Lopes (Julinho); Paulinho Dias, Fillipe Souto e Marquinho (Kadu); Gabriel Taliari (André Castro), Eduardo Lopes (Guilherme) e Mateus Criciúma (Luiz Paulo). Técnico – Vinícius Bergantin.

Volta Redonda: Douglas; Oliveira, Gabriel Pereira, Luan e Willian (Luciano Naninho); Bruno Barra, Luiz Paulo, Wallison e Emerson (Pedrinho); Luan Martins (João Carlos) e Alef. Técnico – Luizinho Vieira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *