Com telas de Tarsila, Museu Republicano de Itu abre nova exposição

Retrato de Jesuíno Pinto Bandeira Sobrinho por Tarsila do Amaral (Foto: Divulgação)

O Museu Republicano “Convenção de Itu” abre no próximo dia 4 de julho (quinta-feira), às 10h, a nova exposição “Tarsila depois de Tarsila”, que apresenta telas pintadas pela artista Tarsila do Amaral (1886-1973) entre os anos 1930 e 1940.

As obras são os retratos de homens que atuaram no cenário político e religioso do passado brasileiro, com destaque para participantes da “Convenção de Itu”, que foram encomendados pelo então diretor do Museu Paulista, Afonso Taunay.

Entre as obras que serão expostas em “Tarsila depois de Tarsila”, cinco são ampliações à óleo de imagens fotográficas dos convencionais de Itu, garimpadas junto a seus familiares. Ou seja, nestas telas os traços estilísticos característicos da pintora são quase imperceptíveis.

“Importante notar que, mais do que a individualidade da artista, o que está em jogo são as condições estabelecidas pelo comitente”, explica a curadora da exposição, Profa. Dra. Ana Paula Cavalcanti Simioni, que realizará um bate-papo na abertura da mostra.

A exposição ficará em cartaz até 30 de junho de 2025 e poderá ser conferida gratuitamente de terça a domingo, das 10h às 17h. O Museu Republicano fica localizado na Rua Barão de Itaim, 67, Centro. Para mais informações, envie um e-mail para o Serviço Educativo edu.mrci@usp.br ou entre em contato por telefone (11) 4023-0240, ramal 3.

Sobre o Museu Republicano

O Museu Republicano de Itu está situado em um sobrado histórico onde se realizou, em 18 de abril de 1873, a Convenção Republicana de Itu, reunião de políticos e proprietários de fazendas de café para discutir as circunstâncias do país, marco originário da campanha republicana e da fundação do Partido Republicano Paulista.

O Museu é um importante ponto de referência para compreender a História e a Cultura Material da sociedade brasileira, com ênfase no período entre a segunda metade do século XIX e a primeira metade do século XX, tendo como núcleo central de estudos o período de configuração do regime republicano no Brasil.

Além do movimento republicano e da primeira fase da República brasileira, trata também da história de Itu e região, com ênfase no século 19, destacando artistas ituanos desse período.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *