FAMA Museu abre novas exposições e realiza workshop

Entrada do corredor da Fábrica São Pedro (Foto: Michele Tavares/Turbo Labs)

Neste sábado (29), o FAMA Museu abre a exposição “Corredor Cronológico Fábrica São Pedro”, que contará a trajetória do prédio histórico que abrigou por anos a Cia. Fiação e Tecelagem São Pedro e hoje é sede da unidade museológica.

A mostra contará detalhes de como o espaço funcionava no passado, mostrando o material em forma bruta sendo lapidado até alcançar o produto final, seguido de imagens históricas que para além de parágrafos também trabalham as questões visuais, e expande a cabeça do leitor na qual além de entender a história desenvolve uma habilidade de reviver o passado e ao adentrar nas salas de exposições se deparam com um choque de atualidade se misturando com passado.

Mantendo viva a memória, o valor histórico e cultural do local, o corredor da Fábrica São Pedro abrigará a exposição permanente, que compõe a contrapartida do projeto de restauro do telhado para a habilitação de novas galerias do Fama Museu, contemplado pelo Programa de Ação Cultural – ProAC Editais 35/2023 da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo do Estado de São Paulo. 

A abertura da exposição ocorrerá ao meio-dia, no Centro Cultural Fábrica São Pedro (Rua Padre Bartolomeu Tadei, 09, Bairro Alto). Confira mais detalhes sobre a programação nas redes sociais do Centro Cultural (@fabricasaopedro) e do Fama Museu (@famamuseu).

Outra exposição

No mesmo dia, o Museu Fama, juntamente com o artista Renato Gosling, inaugura a exposição individual intitulada “A Verdade sobre a Nostalgia”. Curada por Jhon Voese, a exposição permanece em exibição até 29 de setembro, na Sala 5, com representação da galeria Nata.

“A Verdade sobre a Nostalgia” mergulha nas profundezas da memória e da emoção, convidando o público a explorar a intersecção entre o passado e o presente através das obras de Gosling. Reconhecido por sua habilidade em capturar a essência da experiência humana, Gosling apresenta uma série de trabalhos que evocam sentimentos de nostalgia, mas também questionam a natureza da memória e da identidade brasileira.

Workshop

Outra atração neste sábado, das 9h às 14h, será o workshop “Métodos Construtivos e Sua Evolução”. O workshop abordará a evolução dos métodos construtivos desde os tempos do homem de Neandertal até os dias atuais, incluindo curiosidades, particularidades e técnicas que marcaram diferentes períodos históricos. 

Será uma oportunidade única para explorar as inovações tecnológicas que permitiram a evolução da humanidade, demonstrando a passagem das civilizações e suas contribuições para o desenvolvimento construtivo. Entre os tópicos abordados, destacam-se os métodos construtivos que surgiram da necessidade de criar algo a favor das sociedades, muitas vezes utilizando itens e objetos próximos que acabaram sendo ressignificados. 

Os participantes terão a oportunidade de interagir diretamente com duas atividades práticas: a confecção de tijolos de adobe e a técnica da taipa, representando os primórdios evolutivos dos métodos construtivos. 

Os ministrantes do workshop serão o arquiteto projetista Maurício Korgiski e a museóloga Luciana Bernardes, ambos fazem parte do time do FAMA Museu. As inscrições são gratuitas e limitadas. Para mais informações e inscrições, acesse o link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *