Secretária municipal de Saúde de Itu filia-se ao PSB

Nova diretoria municipal do PSB, que será presidido pela pré-candidata a vice-prefeita Janaina Camargo. Jonas Donizette e Lúcia França estiveram presentes (Foto: André Roedel)

A secretária municipal de Saúde de Itu e pré-candidata a vice-prefeita, Janaina Camargo, filiou-se ao PSB (Partido Socialista Brasileiro) na manhã do último sábado (23), em cerimônia realizada em um buffet da cidade. O evento contou com a presença de autoridades municipais, apoiadores e representantes do diretório estadual da sigla, como o deputado federal Jonas Donizette e a professora Lúcia França.

Também participaram do ato político o prefeito Guilherme Gazzola (PP), o secretário de Planejamento e pré-candidato a prefeito, Gilmar Pereira (PP) e o presidente da Câmara de Vereadores, Dr. Ricardo Giordani (que trocou o PL pelo PSB). Janaina será a presidente do diretório municipal do PSB, que tem outros diretores e secretários municipais em sua composição.

Antes de os presentes discursarem, foi exibido um vídeo da deputada federal Tabata Amaral (PSB), pré-candidata a prefeita de São Paulo, que destacou a luta do PSB no campo democrático e o fato de o partido estimular a presença das mulheres na política. O fato também foi exaltado por Lúcia França, esposa do ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, e que foi candidata a vice-governadora nas eleições de 2022, na chapa com o atual ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT).

“É um prazer uma mulher com a história e o legado da Janaina vir ao nosso partido, vir ao encontro da nossa ideia e do meu trabalho, que tenho feito há mais de um ano, para o PSB Por Elas. A ideia é que a gente consiga ter mais mulheres eleitas, não mais mulheres na política, porque a mulher faz política todos os dias”, destacou a educadora em entrevista ao JP.

Segundo ela, o PSB é o único partido do Brasil que tem uma resolução de lançar chapas igualitárias, ou seja, com metade de candidatos homens e metade mulheres – enquanto a lei eleitoral estipula uma cota de 30% para candidaturas femininas. A pessebista também espera que a sigla eleja uma grande bancada de vereadores na cidade.

O pré-candidato Gilmar Pereira exaltou o trabalho de Janaina à frente da Secretaria de Saúde, especialmente durante a pandemia de Covid-19, e destacou a “harmonia” entre os dois na chapa que tentará se eleger e manter o atual grupo no poder. “Nós vamos ter cada vez mais força”, destacou o secretário.

O deputado Jonas Donizette, ex-prefeito de Campinas, também exaltou o currículo da nova filiada e comentou a inusitada dobradinha entre PP (partido de base do governador Tarcísio de Freitas, do Republicanos) com o PSB (sigla do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin). “A gente tem que buscar coisas diferentes. A população está querendo isso. Mas o mais importante é que na eleição da cidade você não vota para governador, não vota para presidente, você vota para prefeito e vice-prefeita. O mais importante é a simbologia da figura dos candidatos”, afirmou o parlamentar.

Gazzola disse que a chapa Gilmar/Janaina representa a consolidação de um projeto de continuidade, mas sem continuísmo. “Nós precisamos manter as conquistas feitas, que não foram poucas. Mas nós sabemos que tem muita coisa para fazer”, disse o prefeito, destacando a mescla de características distintas dos seus pré-candidatos.

Janaina Camargo, que levou um dos filhos ao palco e lembrou de forma emocionada do marido que faleceu no ano passado, disse que está animada com a filiação. “O PSB representa os valores que a gente tem para a gestão, a questão da inclusão, a importância das mulheres e as questões relacionadas ao desenvolvimento e a projeção feminina”, disse ela, afirmando estar muito confiante para a corrida eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *