Dois Pontos: Giva apresenta projeto que declara filé à parmegiana patrimônio de Itu

Da redação e colaboradores

Filé à parmegiana do Bar do Alemão

O presidente da Câmara, Givanildo Soares (PROS), é autor de um projeto de lei que declara o filé à parmegiana como patrimônio cultural imaterial de Itu. Em sua justificativa, o vereador destacou a importância da iguaria para a gastronomia local, já que tornou-se uma espécie de prato típico da cidade. A repercussão, porém, não foi das melhores. Nas redes sociais, muitos criticaram a proposta do vereador. Páginas de sátira no Facebook ironizaram o projeto de lei, ganhando comentários. Vale lembrar que em Salto, por exemplo, a famosa empada frita é considerada patrimônio cultural local, com restaurantes saltenses promovendo até festivais da iguaria. Fica a dica para o poder público: articular com bares, hotéis e restaurantes um “Festival da Parmegiana” e divulgá-lo fortemente fora de Itu, atraindo mais turistas e, consequentemente, gerando novos postos de trabalho.

AUDIÊNCIAS: As audiências públicas de Saúde e Finanças já estão marcadas: ocorrerão nos dias 27 e 28 deste mês, respectivamente, a partir das 9h. Serão discutidas as prestações de contas referentes ao terceiro quadrimestre de 2018. O vereador Henrique de Paula (PV) é presidente das comissões de Educação, Saúde e Assistência Social e de Finanças e Orçamento.

MEDALHA: O Diploma e Medalha Dom Gabriel Paulino Couto será entregue para José Wagner Campopiano. Ele foi indicado pela Secretaria de Turismo, Lazer e Eventos em reconhecimento aos relevantes serviços prestados na divulgação da vida e da obra do bispo católico nascido em Itu.

REQUERIMENTO: O único requerimento apresentado na sessão de ontem (12) foi do vereador Normino da Rádio (PHS), que cobrou da Secretaria Estadual de Segurança Pública informações sobre o prédio desativado do 4º DP, localizado no bairro Cidade Nova. Normino cobra qual será o destino da estrutura, que está abandonada e virou ponto de usuários de droga.

PRÊMIO: O vereador Luciano do Secom (PTB) fez diversas moções de congratulação aos vencedores do 4º Prêmio Cultura Mais, ocorrido no dia 26 de janeiro. O Periscópio foi um dos agraciados com a homenagem, já que venceu o prêmio na categoria “meio de comunicação impresso”. A Rádio Cidade FM venceu na categoria “meio de comunicação sonoro”.

MOÇÕES: Destaques na edição de sábado (09) do JP, a digital influencer Sueli Rodrigues, o comandante dos Bombeiros 1º Tenente Michelin e a veterinária Camila Prosdocimi foram homenageados com moções de congratulação de Giva, Mané da Saúde (PRB) e Luciano do Secom, respectivamente.

TV CÂMARA: Uma das principais propostas do presidente Giva, a TV Câmara deverá ser uma realidade ainda este ano. No site oficial do Legislativo ituano, há uma nota explicando que a novidade deve operar já em 2019, dando sequência a um projeto iniciado pelo próprio Giva em 2012, quando ocupou a presidência pela última vez.

CONTRA: Além dos partidos NOVO e PSL, também se declarou contra a construção de um novo prédio da Câmara o núcleo de Itu do MBL (Movimento Brasil Livre), que começa a se rearticular na cidade. O movimento, que defende o liberalismo econômico, foi um dos principais mobilizadores de protestos pedindo o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

CONTRA II: Em seu perfil no Instagram, o MBL-Itu criticou a proposta e declarou que o município “tem outras prioridades além de agradar o ego daqueles que deveriam estar verdadeiramente comprometidos com o bem estar do povo ituano”. Também se posicionou contra um possível aumento no número de cadeiras de 13 para 21.

FUXISCÓPIO
Aliás, essa conversa de aumento de cadeiras na Câmara circula nos bastidores políticos, mas não há proposta tramitando na Casa, nem vontade política para tanto. Isso porque, da última vez que os vereadores aventaram a possibilidade, o desgaste foi grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *